Há dois anos Patrick de Paula fazia sua estreia no Palmeiras

- Patrick de Paula relembrou dois anos da estreia pela Copa São Paulo no Palmeiras
Patrick

No dia 03 de janeiro de 2019, há exatos 2 anos, o meia Patrick de Paula fazia sua estreia pelo Palmeiras. A partida válida pela Copa São Paulo de Futebol Jr foi diante do Galvez. Mesmo com o tempo ruim – chovia muito em Capivari – e a pressão de vestir pela primeira vez a camisa do verdão, o jovem abriu o placar para o clube no primeiro tempo. A partida terminou com a vitória paulista por 2 a 0.

“Muito legal poder relembrar esse começo na minha carreira. Agradeço demais a todos a oportunidade que me deram, pois sem essa porta aberta, não teria chegado até aqui. Muito obrigado, de coração. Espero durante minha trajetória trazer alegria ao torcedor palmeirense, a minha família e meus amigos” – relembrou Patrick.

Cria da base

Patrick de Paula saiu dos campos de várzea de Santa Margarida, onde defendia o time Cara Virada Futebol Arte, para brilhar na edição de 2017 da Taça das Favelas do Rio de Janeiro. Apesar de não ter levado o título, o menino bom de bola chamou a atenção. Com isso, olheiros do clube alviverde que foram acompanhar o torneio em busca de novos talentos, convidaram o meia para um teste.

A parceria se tornou o começo de um sonho para Patrick e um presente para a torcida alviverde. Na base do Palmeiras mostrou um alto desempenho, se destacou no Brasileirão sub-20 e foi muito elogiado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, que na ocasião comandava o Vasco. Além disso, conquistou o Brasileiro 2018 a Copa do Brasil 2019 e o Paulista Sub-20 2017, 2018 e 2019.

Herói do Paulistão 2020

Patrick vestiu a camisa do verdão, que mantinha um jejum de paulista há 11 anos, e foi essencial na conquista do título. Além disso, os palmeirenses ainda eram assombrados pela última e polêmica decisão em 2018. O palco era o mesmo e o rival também – era a oportunidade perfeita para a equipe de Luxemburgo fazer uma final diferente.

Em tempo normal o jogo parecia decidido, 1 a 0 para os donos da casa. O Palmeiras respiraria aliviado, se não fosse o pênalti de Gustavo Goméz em cima de . A emoção tomou conta de todas as poucas pessoas presentes no Allianz Parque, que nunca esteve tão vazio em uma decisão. Logo veio o empate e a disputa dos pênaltis.

O menino da base assumiu a bronca, fez do gramado seu palco e caiu nas graças da torcida alviverde que precisava da vitória: “se o Patrick fizer o Palmeiras é campeão”.  E ele fez, chutou no ângulo de Cássio sem dar chance de defesa para o gigante.

Patrick de Paula: números no profissional

Hoje, o camisa 5 é um dos queridinhos da torcida alviverde. Patrick é o segundo jogador do elenco com mais minutos em Campo no Brasileirão, e soma 39 jogos e 5 gols no clube.

Foto: César Greco / Palmeiras

BetWarrior


Poliesportiva


Ana Paula Contado
Ana Paula Contado
Meu nome é Ana Paula, tenho 20 anos, sou estudante de jornalismo e apaixonada por esporte, especialmente pelo futebol. Fascinada pela magia dos clássicos e leal a resenha, busco levar em meus textos a emoção de uma torcedora raiz.

    Artigos Relacionados

    Deixe uma resposta

    Topo