Há 102 anos, nascia uma seleção pentacampeã

Em um Estádio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, completamente lotado, a Seleção Brasileira de Futebol deu seus primeiros passos de uma longa trajetória que, neste dia 21 de julho, completa a marca de 102 anos de história.

Mais de 3 mil torcedores assistiram ao primeiro jogo contra o Exeter City, clube profissional da 3ª divisão da Inglaterra. Vinda de uma excursão pela Argentina, a passagem do time inglês em solo brasileiro motivou os dirigentes da extinta FBS (Federação Brasileira de Sports) a organizarem este histórico jogo.

Imaginando a qualidade dos europeus, a FBS convocou os melhores jogadores em atividade no Rio de Janeiro e São Paulo, considerado os maiores centros do futebol brasileiro na época. Entre os nomes convocados estavam Arthur Friedenreich, do Clube Atlético Ypiranga, Rubens Salles, do Club Athletico Paulistano, e Sylvio Lagreca, capitão e técnico da Seleção na ocasião, entre outros. Nascia assim a primeira formação da Seleção Brasileira.

A vitória brasileira por 2 a 0 deixaria os presentes cientes de que o selecionado brasileiro era um adversário forte para os padrões atuais. O primeiro gol veio dos pés de Oswaldo Gomes, aos 28 minutos do primeiro tempo. Jogador do Fluminense, o carioca marcou história no cenário futebolístico do Brasil. O segundo veio de Osman, aos 36 minutos do mesmo período.

Durante o jogo, os jogadores ingleses, acostumados a jogar num regime profissional, disputavam geralmente os lances com mais força, diferentes dos brasileiros que buscavam jogar mais por exibição e lazer. Resultado disso foram as diversas paralisações para atendimento médico aos brasileiros.  Friedenreich, por exemplo, perdeu dois dentes. Já Rubens Salles foi atingido nas costelas, deixou o campo durante a partida, mas mostrou seu espírito de liderança e seguiu no jogo até o final.

Brasil 2 x 0 Exeter City – 21 de julho de 1914
Horário: 15.45
Competição: Amistoso
Local: Campo da Rua Guanabara (Laranjeiras), no Rio de Janeiro (RJ).
Público: 3.000 espectadores.
Árbitro: Harry Robinson (Inglaterra). Assistentes: Jack Maishan (Inglaterra), Arnaldo Borghet (Brasil).
Gols: Osvaldo Gomes, aos 28; Osman, aos 36.

BRASIL: Marcos de Mendonça, Píndaro e Nery; Sylvio Lagreca, Rubens Salles e Rolando; Abelardo, Oswaldo Gomes, Friedenreich, Osman e Formiga. Comissão Técnica: Sylvio Lagreca e Rubens Salles (capitão).
EXETER CITY: Loram; Fort e Strettle; Rigby, Lagan e Hardin; Holt, Whittaker, Hunter, Lovett e Goodwin. Treinador: Mac Gahey.

BetWarrior


Poliesportiva


Jonathan Silva
Jonathan Silva
Um jornalista de 23 anos que simplesmente ama futebol. Trabalhou nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News, de São Paulo, todos como repórter. Atualmente é assessor na empresa TBL Comunicação. Por paixão, há três anos criou o blog Gol de Canela Futebol Clube, que procurar contar um pouco sobre história do futebol.

    Artigos Relacionados

    Topo