Guardiola elogia Haaland, mas evita falar em contratação (Foto: Reprodução/Reuters)

O sorteio das quartas de final da Champions League 2020/21 colocou frente a frente Manchester CityBorussia Dortmund. Dono da melhor defesa do torneio com apenas um gol sofrido, o esquadrão comandado por Pep Guardiola terá pela frente Erling Haaland. O atacante norueguês é o atual artilheiro da competição com 10 bolas na rede. Assim, por conta de seu rendimento nas últimas temporadas, o atleta se tornou alvo dos principais clubes do mundo, inclusive dos Citizens.

Em entrevistaGuardiola elogiou o adversário, mas evitou falar sobre uma possível negociação para levar o atleta ao Etihad Stadium na próxima temporada.

“Os números falam por si, ele é um dos melhores do mundo na sua idade. Vi muito poucos jogos, mas vi destaques e os números são impressionantes. Eu conheço a qualidade dele e acho que todo mundo conhece. Ele é um jogador do Dortmund. Não gosto quando as pessoas falam sobre nossos jogadores, então você entende que não posso responder a essa pergunta”, afirmou.

A ligação do atual atacante do Borussia Dortmund com os ingleses vem de longa data. O pai do jogador, Alf-Inge Haaland vestia a camisa dos Citizens quando seu filho Erling veio ao mundo. Desse modo, desde pequeno, Haaland se tornou torcedor do Manchester City, inclusive fazendo parte de um grupo de fãs escandinavos do time no Facebook.

Ao falar sobre a oportunidade de ver o filho atuando contra seu ex-clube, Alf não escondeu a alegria e expectativa para o confronto.

“Ficou claro desde o tempo que passou com o grupo que Erling é um torcedor apaixonado do clube. Estamos muito felizes por ele ter a chance de jogar no Etihad. É um sorteio de sonho para ele e sua família. Nós adoraríamos se um dia ele jogasse lá”, declarou.

Foto Destaque: Reprodução/Reuters

Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.