Com time reserva, Grêmio bate Vitória em casa e passa Inter na tabela

Grêmio e Vitória se enfrentaram neste domingo (12) em partida válida pela 18ª rodada do . O confronto que aconteceu na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, contou com um público de pouco mais de 17.000 pessoas.

De um lado brigando na parte de cima da tabela, o time de Renato Gaúcho entrou em campo com os reservas e mais uma vez protagonizou um belíssimo espetáculo levando a torcida tricolor ao delírio. Do outro lado, dono da pior defesa do campeonato e brigando contra o rebaixamento, o Vitória não conseguiu criar e foi batido pelos gaúchos.

1° Tempo

Logo no primeiro tempo, o Grêmio já se mostrava superior aos baianos que não faziam uma boa partida. Mantendo a posse de bola e se armando pelo lado esquerdo, os reservas do tricolor jogavam como titulares. A disputa começou a esquentar, e o time da casa não perdeu tempo. O tricolor gaúcho abriu o placar aos 11 minutos de jogo, quando Matheus Henrique levantou e Douglas mandou de cabeça para defesa de Ronaldo, que espalmou dando chance para o rebote do camisa 10 que mandou direto pro gol.

O segundo gol aconteceu aos 20 minutos. Jailson, o volante improvisado, se viu livre de marcação e chutou no canto esquerdo sem dar chance ao goleiro do vitória. Foi o quarto gol do atleta com a camisa tricolor e o primeiro no Campeonato Brasileiro.

O Rubro-Negro tentava criar com Neilton, mas quando chegava com muita dificuldade para um contra ataque, era barrado pela defesa gremista. O time de Renato Gaúcho dominava o jogo, atuando mais pelo lado esquerdo com Jailson e Marcelo Oliveira. Marinho, ex-atacante do Vitória não se destacava.

Após um Bate e rebate na área gremista, a torcida reclama de um toque de mão do time do Vitória, mas o juiz marca toque de Jailson. A falta é cobrada por Yago, que bateu bem com a perna direita, mas não converteu.
Com um minuto de acréscimo, o Grêmio armou contra-ataque com Marinho, mas Leonardo chutou para fora em lance aplaudido pelo público presente.

(Reprodução/Rádio Grenal
(Reprodução/Rádio Grenal

2º TEMPO

O goleiro Paulo Vitor não foi acionado durante o primeiro tempo, mas no inicio do segundo fez belíssima defesa após falha de Marinho. O técnico do Rubro-negro fez substituições, mas as mudanças parecem não surtirem efeito na equipe.

Ao longo da partida, o time da casa tem duas oportunidades de marcar. Marinho e Joel sofrem falta e apesar da excelente cobrança do atacante e de Matheus Henrique os lances não foram convertidos.

Aos 13 minutos sai o segundo gol. Pepê chuta com força pelo lado esquerdo, a bola desvia no zagueiro do Vitória e não da chance para Ronaldo. A torcida comemorou muito na Arena. Renato Gaúcho resolveu mexer. Maikon entrou no lugar de Matheus Henrique,que saiu lesionado. Marinho, saiu do gramado após assistência para entrada de Alisson. E por último Everton, que será a arma contra o Flamengo na próxima quarta-feira, entrou no lugar de Pepê. Todos aplaudidos pela torcida tricolor. O camisa 11 logo deixa sua marca, livre na pequena área consagra a vitória de 4 x 0 para o Grêmio.

(Reprodução/Paraná Portal)
(Reprodução/Paraná Portal)

E agora?

Com a vitória, o tricolor gaúcho vai a 33 pontos e fica em 3º lugar na tabela. O Grêmio passou o Internacional, que irá enfrentar o Fluminense nesta segunda-feira (12), e o Atlético Mineiro.  Porém, pode perder uma posição para o Inter caso os colorados ganhem amanhã. Já o Vitória permanece na 16º colocação, com apenas um ponto a frente do Santos, que abre a zona da degola.

Melhores momentos

Ana Paula Contado
Meu nome é Ana Paula, tenho 20 anos, sou estudante de jornalismo e apaixonada por esporte, especialmente pelo futebol. Fascinada pela magia dos clássicos e leal a resenha, busco levar em meus textos a emoção de uma torcedora raiz.

Artigos Relacionados