Grêmio encerra jejum de títulos e conquista pentacampeonato da Copa do Brasil

A arena Grêmio teve a sua capacidade máxima, mais de 55 mil torcedores foram apoiar o tricolor gaúcho á partida terminou no empate em 1 x 1. O placar no agregado ficou 4 x 2 para equipe gaúcha. Tivemos homenagem a Chapecoense, atletas e fotógrafos se juntaram aos jogadores para o minuto de silêncio. Com a bandeira do clube de Santa Catarina no centro de campo, ambas as equipes usaram uma faixa e o escudo da Chapecoense nas suas camisas. Os torcedores homenagearam a Chape com um bandeirão, camisas e até mesmo alguns torcedores com a barba na cor verde.

O Atlético-MG começou com a iniciativa e se lançou no ataque, mas a equipe gaúcha estava preparada para a pressão do adversário. A torcida gremista cantou do iniciou ao fim, parecia estar em cada divida no campo.

No segundo tempo a equipe atleticana virava a bola de uma ponta à outra, trocava passes, cruzava na área, apostava em laterais na grande área, mas nada surgia resultado na forte defesa do Grêmio.

Aos 43 minutos o grito que estava preso há anos pela torcida gremista ecoou no estádio. Após um lance na ponta esquerda do atacante Everton que tocou na área a bola rebateu na defesa, mas sobrou para Bolaños balançar a rede e soltar o grito de “é campeão” nas arquibancadas.

Enquanto a torcida soltava o grito de campeão, Cazares fez um gol digno de placa na arena. O meia atleticano carregou a bola antes do meio campo, levantou a cabeça e chutou para encobrir o goleiro Marcelo Grohe, mas não estragou a festa gaúcha. Após 15 anos sem títulos a equipe ultrapassou o Cruzeiro, e agora é o maior campeão da Copa do Brasil.

Craque do jogo

O meia Douglas foi eleito o craque da partida, mas podemos destacar as homenagens a Chapecoense que foi lembrada antes e depois da partida, alguns atletas estavam com camisas do clube Catarinense na comemoração do titulo.

BetWarrior


Poliesportiva


Caio Souza
Caio Souza
Estudante de jornalismo, um apaixonado por futebol e NFL. Sonha em ser repórter na beira do gramado, assistir e jogar futebol nos finais de semana é uma obrigação. Fascinado por biografias de ex-jogadores, seu livro favorito “Alex, A Biografia”.

    Artigos Relacionados

    Topo