Gre-Nal polêmico e sem gols

- Tricolor esbarra em retranca colorada e perde chance de encostar na liderança do Brasileirão

Jogando em casa, o Grêmio bem que tentou, mas não conseguiu superar o forte esquema defensivo do Internacional na tarde deste sábado (12), em jogo válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado foi um empate sem gols e com poucas emoções. O que sobraram, foram reclamações por parte dos tricolores, que saíram de campo lamentando a não marcação de dois possíveis pênaltis.

Em campo, estava em jogo muito mais que os três pontos. Havia a esperança por parte dos Colorados de superar os rivais, que vivem até aqui, um ano quase perfeito, com a conquista de dois troféus em menos de seis meses. Para os donos da casa, valia a confirmação da boa fase, e claro, afundar ainda mais o rival na crise. Era acima de tudo, o Gre-Nal 416.

1º Tempo

Como era esperado, o jogo começou mordido. Muita marcação de ambos os lados, e uma partida truncada, sem grandes espaços para a triangulação de passes e jogadas ofensivas. A primeira oportunidade de gol só surgiu aos 25 minutos. Everton recebeu a bola na esquerda, passou pela marcação de Fabiano e chutou, mas a bola saiu por cima do gol de Danilo Fernandes.

No minuto 28, acontece o primeiro lance polêmico do jogo. Cortez fez tabela com Maicon, invadiu a área e foi é derrubado por Fabiano. O árbitro Wilton Pereira não marcou nada, e mandou o lance seguir. O Clássico se estendia, e mesmo com a posse da bola o Grêmio não conseguia transformar a superioridade em chances claras de gols.

Polêmica: Cortês reclama penalidade não marcada (Dudu Contursi/Raw Image)

O zero no placar ao final da primeira etapa expôs a realidade da partida.  O Grêmio ficou com a posse de bola, mas não soube o que fazer para se livrar da forte marcação Colorada. Do outro lado, um Inter bem postado, mas sem força para oferecer perigo ao adversário em jogadas de contra-ataque.

2º Tempo

O Tricolor gaúcho começou o segundo tempo com tudo, e disposto a abrir o marcador. Logo no primeiro minuto, o atacante André perdeu excelente chance após chutar por cima do travessão. Aos 9, Luan bateu falta com perigo. A bola passou à direita da trave de Danilo Fernandes. A cada minuto o Inter se fechava mais, deixando bem clara a estratégia do técnico Odair Hellmann, em conquistar pelo menos um empate na arena do rival.

Clássico teve lances bem acirrados (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

A estratégia ficou clara aos 17 minutos, quando o comandante do Inter substituiu o atacante Rossi pelo meia Juan Alano, tentando fortalecer o meio campo e diminuir a posse de bola gremista. Aos 33, mais um lance polêmico. Madson recebe passe pela direita e cruza. A bola bate na mão de Cuesta, mas o árbitro mais uma vez não entende como pênalti, e manda o lance seguir.

A grande chance de gol do jogo surgiu aos 35 minutos. E foi para o Grêmio. Após cobrança de escanteio, Madson cabeceiou e Danilo operou um verdadeiro milagre. A bola ainda sobrou para Geromel, que acabou furando no lance. Após o lance, a partida continuou truncada e terminou mesmo sem gols, frustrando os mais de 50 mil torcedores na Arena do Grêmio.

Próximos jogos

Pelo Brasileirão o tricolor gaúcho volta a campo no próximo domingo (20), onde visita o Paraná, às 16h, em Curitiba. Antes disso, o Grêmio tem compromisso fora de casa com o Monágas, da Venezuela, pela Libertadores, nesta terça (15), às 21h30. Já o Internacional, jogará apenas na segunda-feira (21), quando recebe a Chapecoense, às 20h, no estádio Beira-Rio.

Confira os principais lances do Gre-Nal:

Renato Gomes

Sobre Renato Gomes

Renato Gomes já escreveu 21 posts nesse site..

Jornalista, 33 anos, casado e pai de uma linda princesa. Como quase todo brasileiro, amante do futebol e dos esportes em geral. Como admirador do futebol Sul-Americano, gosto muito de acompanhar os jogos da Copa Libertadores.

BetWarrior


Poliesportiva


Renato Gomes
Renato Gomes
Jornalista, 33 anos, casado e pai de uma linda princesa. Como quase todo brasileiro, amante do futebol e dos esportes em geral. Como admirador do futebol Sul-Americano, gosto muito de acompanhar os jogos da Copa Libertadores.

    Artigos Relacionados

    Topo