A grandeza da Chapecoense

Hoje o país do futebol, acordou triste, o tempo estava fechado, o dia começou estranho, com uma notícia trágica. Até quem trabalha com as palavras não sabia o que dizer. A associação Chapecoense de futebol, que veio conquistando os Brasileiros e o limite seria o mundo,mas esse sonho foi interrompido pelo maior acidente esportivo, com 71 mortes e uma mobilização mundial.

O mundo intendeu que não era só futebol. clubes rivais se solidariezaram, como o palmeiras que pediu para jogar com a camiseta da chape, ou o seu própio rival, na partida que ocorria amanhã que abriu mão do título, ou de clubes nacionais e internacionais que cederam jogadores, e mais outros clubes pedindo o congelamento da chapecoense na série A até se recuperarem. As homenagens no mundo não param, entrevistas coletivas como a do técnico do Real Madri que antes de dar a sua entrevista coletiva, se solidariezou, o campeonato italiano que na próxima rodada ira fazer um minuto de silêncio. A mobilização que tomou conta do mundo fez com que um dos grandes clubes da Espanha, declarasse que sederia o seu clube para o clube catarinense, uma nobre atitude do clube de Cristiano Ronaldo o mesmo prestou condolências em suas redes sociais. E os ex colegas de clubes, não acreditando que não haverá mais uma resenha com aquele companheiro que se foi.

O mundo hoje é de #forçachape

Taynara Souza Felippe

Sobre Taynara Souza Felippe

Taynara Souza Felippe já escreveu 7 posts nesse site..

Taynara Souza Felippe, 18 anos nascida em 11 de dezembro de 1997. Estudante do segundo período de jornalismo. Desejo trabalhar com jornalismo esportivo. Esportes pelos quais sou apaixonada é futebol, surf e vôlei, mais tenho a mente aberta para conhecer outros esportes.Jornalistas que mais admiro: Fernanda Gentil, Carol Barcelos e Caco BarcelosNascida e criada em São Paulo.

BetWarrior


Poliesportiva


Taynara Souza Felippe
Taynara Souza Felippe
Taynara Souza Felippe, 18 anos nascida em 11 de dezembro de 1997. Estudante do segundo período de jornalismo. Desejo trabalhar com jornalismo esportivo. Esportes pelos quais sou apaixonada é futebol, surf e vôlei, mais tenho a mente aberta para conhecer outros esportes.Jornalistas que mais admiro: Fernanda Gentil, Carol Barcelos e Caco BarcelosNascida e criada em São Paulo.

    Artigos Relacionados

    Topo