Neste sábado (14), Al-Hilal, da Arábia Saudita, e Espérance, da Tunísia, se enfrentaram em partida válida pelas quartas de final do Mundial de Clubes, sediado no Qatar. Com algumas das principais estrelas no banco, os sauditas tiveram poucas chances claras de marcar. Contudo, aos 20′ da etapa final, o francês Bafétimbi Gomis entrou em campo e só precisou de oito minutos para marcar o gol que deu a vitória aos atuais campeões da Ásia.

1º tempo

Ambas equipes tiveram muito problema de pontaria durante o jogo. Depois de algumas tentativas criadas pelos dois lados, a oportunidade que realmente assustou foi em uma falha da zaga saudita. Aos 11′, o goleiro Abdullah Al-Mayouf dominou mal uma bola recuada e deu um presente aos tunisianos. Assim, Anice Badri ficou na boa para marcar, mas desperdiçou a gentileza rival e acabou chutando para fora.

Como resposta, a primeira chance real do Al-Hilal foi com o brasileiro Carlos Eduardo, 10 minutos depois. Contudo, mesmo na cara do gol, o meia acabou parando em Moez Ben Cherifia. Posteriormente, o arqueiro parou o peruano André Carrillo, que chegou batendo na entrada da área. Apesar de fraca tecnicamente, a partida era movimentada, porém, justamente pela falta de técnica, não tivemos gols na primeira etapa.

2º tempo

Na volta do descanso, logo nos primeiros minutos, Carrillo deu um belo passe para Salem Al-Dawsari, que acabou batendo por cima da meta. Logo depois, em um lance curioso, o lateral Yasser Al-Shahrani cortou um lançamento rival e encobriu o Abdullah Al-Mayouf, que precisou correr atrás da bola e dar um tapa para impedir o gol contra. Aos 20′, o treinador romeno Razvan Lucescu tirou o colombiano Gustavo Cuéllar, velho conhecido dos flamenguistas, e colocou o artilheiro francês Bafétimbi Gomis.

Não muito depois, aos 28′, Gomis recebeu dentro da área, aplicou uma linda finta no zagueiro e bateu cruzado para marcar um golaço no Estádio Jassim Bin Hamad. Logo no lance seguinte, Omar Khribin teve a chance de matar o duelo, mas acabou perdendo um tento incrível. Aos 40′, após cometer falta no campo de defesa, Mohamed Kanno levou o segundo amarelo, acabou expulso e virou desfalque para os sauditas, que prevaleceram na frente do marcador e foram a semifinal.

https://twitter.com/FIFAcom/status/1205878765668229123

E agora?

Com o triunfo, o Al-Hilal avança as semifinais e encara o Flamengo. A partida ocorre na terça-feira (17), às 14h30 (horário de Brasília). Já o Espérance enfrenta o derrotado do confronto entre Monterrey, do México, e Al-Saad, do Qatar, na decisão do 5º lugar do Mundial.

Melhores momentos

Foto destaque: Divulgação/FIFA

Avatar
Leonardo Abrahão
Leonardo Abrahão, 20 anos, paulistano e estudante de jornalismo na Universidade Nove de Julho. Redator do Futebol na Veia desde 2019, cobrindo futebol italiano, asiático e brasileiro.

Artigos Relacionados