Na tarde do último domingo (4), quando o Goiás entrou em campo para enfrentar o Jaraguá, e venceu, um jogador tinha algo a mais para comemorar além da vitória. Assim, o goleiro Tadeu, um dos principais jogadores da equipe esmeraldina, completava dois anos da sua chegada ao clube.

Dessa forma, o jogador se disse muito feliz por celebrar essa marca:

“É muito gratificante pra mim estar aqui a dois anos. Já são mais de 80 jogos com a camisa do Goiás. Me sinto muito honrado em fazer parte da história de uma equipe tão grande, como o Goiás. Sei que eu sou um privilegiado por poder vestir essa camisa. Poder representar esse clube dentro de campo, é um motivo de muito orgulho. É uma grande satisfação alcançar uma marca como essa”, disse.

Tadeu completou dois anos pelo Goiás
Tadeu completou dois anos pelo Goiás (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC)

Assim, desde que chegou ao Goiás, Tadeu assumiu a titularidade da equipe e logo caiu nas graças da torcida. Logo na sua estreia, no Maracanã, contra o Fluminense, Tadeu foi o herói da partida, defendendo um pênalti cobrado por Luciano e sendo peça chave na vitória por 1 x 0.

Daí então, Tadeu acumulou partidas de destaque e foi um dos melhores na sua posição no Campeonato Brasileiro de 2019. Após as boas atuações, Tadeu chamou atenção de várias equipes, mas preferiu permanecer no Goiás e assinou um contrato válido até 2023.

Tadeu segue fazendo história

Em 2020, apesar do rebaixamento da equipe esmeraldina, continuou sendo o principal destaque da equipe e chamando atenção de todos pelas suas belas defesas. Desde a sua estreia, defendeu a meta do Goiás em 85 partidas. De acordo com o site de estatísticas Instat, Tadeu contabiliza mais de 300 defesas, entre difíceis e “normais”. Além disso, o arqueiro defendeu quatro pênaltis neste período.

Foto destaque: Divulgação/Rosiron Rodrigues/Goiás EC

Lauren Berger
Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.

Deixe uma resposta