Em entrevista coletiva concedida à imprensa nesta terça-feira (14), o goleiro Vinícius exaltou a boa fase que o clube do Remo vem realizando no Campeonato Brasileiro Série B. Além disso, o arqueiro projeta que o clube embale na competição e garanta um lugar mas primeiras posições da tabela de classificação.

A gente se encontra no meio da tabela. Com uma sequência de três, quatro vitórias, como a gente já conseguiu dentro da competição, é possível brigar pela parte de cima. Contudo, é claro que tem que ir passo a passo. Conseguimos a primeira fora, uma vitória importante. Agora, dentro de casa, é voltar a vencer. Temos esse jogo contra o Avaí, muito difícil, é vencer dentro de casa, se impor. Aí sim, passa a passo, jogo a jogo, já conquista a segunda vitória, procura fazer mais um grande jogo fora e, assim, vai subindo na tabela, conquistando os nossos pontos e almejando coisas maiores na competição”.

GOLEIRO CONSCIENTE E SUAS AMBIÇÕES

Entretanto, Vinícius fez um grande elogio ao prepador de goleiro, Julinho, que o acompanha nas quase cinco temporadas pelo Leão. Ao passo que o profissional de 36 anos também revelou as ambições que tem para o time nesta temporada da Série B do certame.

Agradeço a Deus. A gente vem fazendo um trabalho com o Julinho, um dos melhores preparadores de goleiros que eu já trabalhei no futebol. Dessa forma, fico feliz porque é um objetivo muito grande desde quando cheguei no clube, conquistar o acesso e disputar uma Série B com essa camisa. Por fim, a gente está muito motivado, feliz e trabalhando bastante pra que as coisas ocorram bem. Que possamos fazer uma grande participação na Série B, pois sonhei muito com esse momento.  A gente vem tendo bons resultado contra os times que vem disputando na parte de cima da tabela. Temos um pouco mais de tranquilidade, cabeça fria pra que possamos fazer um grande jogo e conquistar a vitória dentro de casa nesse returno. Fizemos um grande jogo contra o Botafogo, agora novamente contra o Vitória, e nesse contra o Avaí é manter. E precisamos vencer, não podemos fazer apenas um grande jogo, é conquistar a vitória, pontuar. Temos os nossos objetivos e, quanto mais rápido alcançarmos, mais tranquilos ficaremos”.

Foto: Samara Miranda/ASCOM Remo

Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

Deixe um comentário