Sidão não fica no Goiás

Com contrato válido até 2020, o goleiro Sidão – atualmente no Goiás – ainda não tem destino definido para a próxima temporada. Isso porque o clube goiano não demonstrou interesse em manter o arqueiro, após a breve atuação em 2019. O atleta de 36 anos foi emprestado ao Vasco da Gama após marcar presença em 19 jogos com a camisa do Verdão – pelo Campeonato Goiano e Copa Verde.

No Cruzmaltino, a situação não foi favorável. Dessa forma, o jogador atuou em apenas seis jogos durante o período de oito meses. Dentre as aparições, Sidão foi titular na goleada sofrida por 3 x 0 contra o Santos. Na ocasião, o goleiro foi eleito o craque do jogo – de modo pejorativo – após uma série de falhas no duelo. Com o retorno do empréstimo, o presidente do Goiás declarou que não vê “clima” para a permanência do jogador.

“Nosso gol já tem atletas, como o Tadeu que fechou o ano com chave de ouro, o Marcelo Rangel que é indiscutível e o nosso prata da casa que é o Matheus. Então temos o plantel do gol definido. De fato ele tinha um contrato de dois anos, aí ele foi para o Vasco e parece que se deu bem lá. Acho que o clima dele não ficaria bom aqui por questões desagradáveis que aconteceram, apesar de ser uma pessoa fantástica, um atleta que foi importante e nós sabemos o respeito que temos por ele”, afirmou Marcelo Almeida ao programa Feras do Kajuru

CARREIRA

Sidão se destacou durante a passagem pelo Audax. Assim, por lá fez parte da campanha para o acesso à primeira divisão paulista e do estadual em 2016. O goleiro só assumiu a titularidade nas oitavas de final, após lesão de Felipe Alves. Com isso, o atleta tornou-se uma importante peça no esquema de jogo proposto pelo treinador Fernando Diniz. Naquele ano, o clube venceu o Corinthians e chegou à final inédita do Paulistão. Após o fim do Campeonato, o jogador foi emprestado ao Botafogo, onde fez boas atuações.

Após a disputa do Brasileirão pela equipe carioca, o atleta despertou interesse do São Paulo. Por lá, Sidão foi duramente contestado após diversas falhas em jogos importantes do Tricolor. Desse modo, em meio às críticas e pressão da torcida, o arqueiro partiu rumo ao Goiás no fim de 2018.

Foto destaque: Reprodução/ Marcelo Mamede – Goiás EC

Avatar
Maria Luisa Araki

Artigos Relacionados