Goiás demite Pintado

Antes de mais nada, o Goiás oficializou a saída do treinador Pintado. A decisão foi tomada ainda no domingo (18) após o empate sem gols dentro de casa diante do Londrina.

A SÁIDA DE PINTADO DO GOIÁS

Embora Pintado tenha deixado a equipe, a situação do time goiano não é das piores. Em 12 jogos disputados na Série B, o ex-técnico somou cinco vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas. Assim, ocupa a 5ª colocação na competição.

Em relação a saída, por causa da regra que impõe limite na troca de técnicos em caso de demissão, o Verdão  negociou para entrar em um acordo e assim não queimar a possibilidade de mais uma troca ao longo do campeonato.

INTERINO À BEIRA DO CAMPO

Para as partidas contra Botafogo-RJ e Ponte Preta, ambas fora de casa, o Esmeraldino conta com o auxiliar Glauber Ramos, que comandou a equipe na reta final da Série A no começo deste ano.

QUEM SERÁ O NOVO TREINADOR?

Até o momento,  o Goiás não tem um foco definido. No entanto, procura finalizar os jogos fora de casa, Botafogo-RJ e Ponte Preta respectivamente, para depois pensar em possíveis nomes para assumir a equipe. Talvez, um dos favoritos diretoria seja Alberto Valentin, que recentemente dirigiu o Cuiabá. Outros nomes também são especulados, como o de Rogério Ceni, Thiago Larghi, Lisca e até Dorival Junior.

Vale ressaltar que não há nada concreto, são apenas rumores. O que se sabe é que as buscas do Esmeraldino são por treinadores livres no mercado e que se encaixam no teto salarial. Nesse sentido, não fará loucuras fora de sua realidade.

Foto destaque: Divulgação/ Rosiron Rodrigues/ Goiás EC 

André Merice
A paixão pelo esporte me fez escolher a profissão. A experiência como atleta não foi como o esperado. Então, procurei algo em que me encaixasse. E o Jornalismo foi a primeira opção! Falar já é bom, quando o assunto é futebol, se torna melhor ainda.

Deixe uma resposta