Gimnasia y Esgrima x Estudiantes como aconteceu- Resultado, destaques e reação

A tarde desse domingo (5), foi memorável para todos que acompanharam o clássico de La Plata, protagonizado por Gimnasia y Esgrima x Estudiantes. Isso porque no duelo válido pela 24ª rodada do Campeonato Argentino 2021, as equipes realizaram um grande jogo, com viradas de placar, oito gols feitos e um empate emocionante  de 4 x 4. Nesse sentido, com o ponto conquistado, os Pinchas já estão garantidos na Copa Libertadores de 2022.

Assista aos melhores momentos de Gimnasia y Esgrima x Estudiantes

1º TEMPO: COM PÊNALTI PERDIDO E DOIS GOLS MARCADOS, “PULGA” É PROTAGONISTA

O embate começou com os visitantes melhores na partida e mais presente em seu campo ofensivo. Dessa forma, aos 23′, o Estudiantes inaugurou o placar com Gustavo Del Prete, aproveitando a bola que sobrou para ele na pequena área. Posteriormente, após o gol sofrido o Gimnasia tentou reagir. Quatro minutos depois, Johan Carbonero sofreu pênalti de Rogel. “Pulga” Rodríguez bateu, mas Andújar acertou o canto e fez a defesa.

No entanto, pouco tempo depois, o camisa 8 se redimiu e virou o jogo para os donos da casa. Primeiramente, após belo cruzamento de Colazo, a bola sobrou para “Pulga” encher o pé e deixar tudo igual. Três minutos mais tarde, a defesa do Estudiantes bobeou, e o veterano de 36 anos chutou de bico para virar o placar. Os visitantes correram atrás do prejuízo e  Nicolás Pasquini marcou um belo gol empatando o clássico novamente. Contudo, antes do intervalo, os Triperos marcaram o terceiro tento. Assim, o uruguaio Brahian Alemán fez um golaço acertando um arremate de longa distância.

2º TEMPO: “PULGA” FAZ HAT-TRICK, MAS ESTUDIANTES REAGE HEROICAMENTE E ARRANCA EMPATE

Assim como no 1º tempo, a etapa final foi cheia de gols e emoções. Nesse sentido, ao 15′, o Gimnasia ampliou o placar com “Pulga” Rodríguez convertendo uma penalidade e marcando seu hat-trick  na partida. Posteriormente, os Pinchas voltaram a correr atrás do prejuízo. Desse modo, em confusão dentro da grande área, o zagueiro Fabián Noguera aproveitou o rebote de Rodrigo Rey e diminuiu a desvantagem.

Faltando somente um gol para sair com o empate, o Estudiantes soube pressionar seu rival, que aos 34 minutos cedeu à pressão. Assim, depois de um lançamento, Manuel Castro bateu cruzado, Rey defendeu, mas no rebote Leandro Díaz completou para o fundo das redes.

Gimnasia y Esgrima x Estudiantes – E agora?

Apesar do empate no clássico, o Gimnasia saiu com gosto de derrota pelas circunstancias da partida. Ainda assim, os Triperos continuam sonhando com uma vaga na Copa Sul-Americana de 2022. Na tabela anual, a equipe ocupa o 13º lugar, com 50 pontos, mesma pontuação do Racing, que hoje é o último time na zona de classificação. Dessa forma, o conjunto de La Plata precisa ganhar seu duelo contra o Patronato no domingo (12), e torcer para que a La Academia, Rosário Central e Unión não vençam seus jogos.

Por outro lado, o Estudiantes comemorou demais o ponto conquistado fora de casa e diante de seu maior rival. Isso porque o time de Ricardo Zielinski confirmou sua vaga na Copa Libertadores de 2022. Dessa maneira, a equipe se junta a River Plate e Colón como clubes já garantidos no torneio continental. Nesse sentido, os Pinchas jogam domingo (12), contra o Aldosivi apenas para cumprir tabela.

 

Foto destaque: Reprodução/TycSports

Enzo Gabriel
Sou o Enzo, sou de Brasília e tenho 20 anos. Completamente apaixonado por futebol e totalmente focado em virar um grande jornalista esportivo. Por enquanto faço sociologia na Universidade de Brasília