Gilberto

Antes de tudo, Gilberto o principal jogador do Bahia não é alvo só de clubes do exterior. Mas, é também pretendido por dois clubes nordestinos que fizeram excelentes campanhas a série A, Ceará e Fortaleza. Assim, com a queda do tricolor baiano para a segunda divisão do futebol brasileiro, a permanência do Gilbagol ficou inviável. Dessa forma, o  seu empresário ainda apresentou uma proposta à diretoria, para que ele fique. Os valores giram  em torno de R$ 500 mil de salário e três anos de contrato. No entanto, devido ao descenso o esquadrão não tem condições financeiras de arcar com o valor solicitado.

Gilberto em ascensão

Desse modo, de 83 gols com a camisa tricolor, Gilberto é o principal artilheiro da história entre todos os clubes da região. Ídolo de muitos, fez 26 gols nesta temporada e deu duas assistências em 55 jogos e é o xodó da torcida. Sobretudo, devido ao número de gols o nome dele vem sendo ventilado tanto fora do Brasil, em times dos Estados Unidos e Japão, quanto dentro do país como é o caso do leão do pici e do vozão.

Além dos nordestinos, Santos e Fluminense sondaram o atleta, entretanto nada destas equipes. Embora a informação é que, o seu futuro ainda não está selado e por conta disso o seu futuro segue indefinido. Com a possibilidade de atuar no time de Vojvoda no Leão, poderá ter a chance de jogar a competição mais importante da américa, a Copa Libertadores. Por  outro lado, se for treinado por Tiago Nunes também jogará uma competição continental, a Sul-americana.

Artilheiro de tudo

Por fim, é o maior artilheiro da história do Bahia no Brasileirão, maior artilheiro da Arena Fonte nova e entre todos os clubes nordestinos. Em sua carreira, o atacante passou por Yeni Malatyaspor, São Paulo, Chicago Fire, Vasco, Toronto FC, Portuguesa, Internacional, Sport, Santa Cruz e Vera Cruz-PE. Nos próximos dias, deve ter um desenrolar sobre o assunto.

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Caio Santos