FNV Sagas é uma série especial falando sobre o mundo do futebol virtual. Acompanharemos, um dos grandes jogos para PC, o Football Manager é o destaque da vez. Neste game, é você gerencia um clube de futebol nos mínimos detalhes. Pois bem, primeiramente, gostaria de ressaltar que esse “vício” começou no ano passado (sim, recente mesmo!). Toda a história do autor que vos fala, em relação ao jogo, vc conheceu lá no primeiro episódio da saga no FM 2019. Sim! A novidade agora é o FM20 em minhas, mesmo que o 21 esteja batendo na porta. Mas, isso é outra história! Após toda essa enrolação e inspirado na live que tivemos no último dia 2 de outubro, com Leandrinho do canal Mesa Redonda FM, veio o time para liderar: o Gavião Kyikatejê!

De onde vem o Gavião?

O clube tem uma história rica e bastante curiosa. O nome já dá a entender as origens. O primeiro time  nasceu dentro da tribo Kyikatejê-gavião, logo, veio a nomenclatura do time. Situado em Bom Jesus do Tocantins, no Sudeste Paraense, o Gavião disputava de maneira amadora os campeonatos da liga esportiva de Marabá, município vizinho. Disputar os torneios deu tão certo, que o clube decidiu se profissionalizar em 2009, após conseguir os direitos federativos do Castanheira Esporte Clube, antigo clube de Marabá.

Assim, o rubro-negro começou a disputar jogos na sua nova cidade e já nascia com um rival em alta: o Águia de Marabá. Comandados por Zeca Gavião, dentro e fora de campo, pois é o presidente e foi treinador, o time conseguiu disputar duas vezes a 1ª divisão paraense. O grande ídolo do time era o atacante Aru, que tinha como principal característica pintar o rosto antes dos jogos. Entretanto, a aldeia e o clube sofreram o baque de perder o atleta de 31 anos, vitima de um acidente automobilístico, em 2018.

https://twitter.com/FutebolZueiroPA/status/1251907661622390786?s=20

Foco nos gaviõezinhos!

Para esse primeiro texto falaremos de pré-temporada e contratações. O time limitado precisava de reforços urgentes para, no mínimo, ter um time para jogar a 2ª divisão paraense. Mas, como a ideia é a longo prazo, decidimos contratar “de fora” nomes para compor categoria de base, porém um e outro para o titular.

Assim, vieram 13 nomes que prometem para o futuro, todos dispensados de seus clubes originais. Os destaques vão para Rodrigo Pauletto, ex-Sport, e Ricardo vindo do Cruzeiro. Ademais, para o principal chegaram por empréstimo Alexandre (Academia-MT) e José Teodoro (Pires do Rio-GO), além dos defensores Mateus França (sem contrato) e Reinaldo Riviera. Entre uma e outra modificação o time ficou assim:

Foto: Reprodução/Football Manager

Com isso, era hora do show! E isso você vai acompanhar no capítulo de sexta-feira da nossa saga no Gavião Kyikatejê.

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados