Gaitán confirma sua saída do SC Braga

Braga mais uma vez fez um excelente Campeonato Português. Além disso, a equipe ainda conquistou o título da Taça de Portugal e terminou a temporada com um bom prognóstico para a próxima. No entanto, os Braguistas começam a olhar para o mercado e imaginar uma equipe mais jovem e com potenciais retornos, como muito dos clubes portugueses. Sendo assim, os Arsenalistas começam a renovar seu plantel se desfazendo dos atletas mais velhos, como Gaitán.

Potencial não alcançado

Com apenas 20 anos, Gaitán apareceu muito bem atuando pelo Boa Juniors. Com isso, não demorou muito para os portugueses demonstrarem interesse por ele. Afinal, o argentino se mostrava um jogador muito habilidoso e técnico. Além do mais, para sua idade, o jovem apresentava muita inteligência e frieza para tomar decisões em campo. Dessa forma, o Benfica não perdeu tempo e o contratou em 2010 como grande promessa.

Sendo assim, o jogador desembarcou em Portugal com muita expectativa. Ou seja, mostrar serviço atuando pelo Benfica e possivelmente se tornar um grande meia na Europa. Dessa forma, Gaitán realmente se tornou um jogador muito importante para as Águias e ficou no clube por seis anos. Porém, o argentino nunca alcançou toda essa expectativa criada. Afinal, apesar de importante para o BenficaGaitán nunca foi além disso.

Ou seja, o meia nunca atingiu um nível no qual pudesse ser grande destaque no futebol europeu. Sendo assim, o Atlético de Madri o contratou em 2016 por 25 milhões de euros. No entanto, o argentino não entregou o que se era esperado. Afinal, lesões o atrapalharam e seu ritmo nunca atingiu o que era pedido pelo exigente Diego Simeone.

O retorno e despedida de Gaitán a Portugal

Com 30 anos e sem se tornar o que era esperado, Gaitán perdeu de vez espaço no futebol europeu. Sendo assim, o Atleti resolveu vendê-lo para Dalian Yifang da China, onde passou apenas uma temporada e seguiu para o Chicago Fire do Estados Unidos. Com isso, o meia parecia seguir um caminho de fim de carreira e possível retorno à Argentina.

No entanto, com menos lesões e atuando em um futebol menos competitivo, o jogador chamou o interesse novamente da Europa. Sendo assim, o Lille contratou o meia em janeiro de 2020. Porém, mais uma vez não demonstrou força o suficiente para se manter em um futebol mais competitivo.

Dessa forma, o Braga apostou na contratação do argentino para a última temporada que foi um grande acerto. Afinal, o jogador atuou em 23 partidas e anotou três gols. Números não tão absurdos, mas que de forma geral foram ótimos. Afinal, o meia conquistou o título da Taça de Portugal e uma 4ª colocação na liga nacional com os BraguistasAgora, Gaitán tinha a possibilidade de renovar por mais um ano com os portugueses, mas decidiu deixar o clube em busca de novos ares.

Foto destaque: Divulgação/ SC Braga

Alec William
Alec William
Me chamo Alec William, tenho 23 anos e atualmente curso Ciências do Esporte na FCA-Unicamp. Acredito que minha paixão em contar histórias e esboçar minha opinião por meio da escrita surgiram antes mesmo do amor pelo futebol. Mas ao mergulhar nesse mundo esportivo, surgiu minha segunda paixão, o futebol, que passei a associar com minha escrita como um meio de esboçar minhas ideias e opiniões em cima daquilo que vejo e vivencio dentro do esporte, além de almejar um espaço e reconhecimento dentro desse mercado. Trabalhei durante um ano como redator de artigos esportivos e desde lá venho aprendendo e me encantando cada vez mais com a área. Costumo ser bem claro em relação as minhas opiniões acerca do futebol, pois acredito que sim, temos verdades absolutas como a de que Neymar é um craque, mas isso não significa que eu vá sempre escalar ele no meu time, o futebol é feito de situações e momentos, onde nem sempre o melhor vai ser o essencial.

Deixe uma resposta