Futebol Inglês: Arsenal se interessa por Tom Heaton, Aston Villa pedirá adiamento do jogo contra o Everton, e Wenger rejeita retorno aos Gunners

- Confira os destaques do futebol inglês nesta quarta-feira (13)
Futebol Inglês: Arsenal se interessa por Tom Heaton, Aston Villa pedirá adiamento do jogo contra o Everton e Wenger rejeita retorno aos Gunners (Foto: Visionhaus)

As notícias não param no futebol inglês nesta quarta-feira (13), ainda mais com o Arsenal demonstrando interesse no goleiro Tom Heaton, do Aston Villa. Além disso, o time do arqueiro pretende pedir adiamento da partida contra o Everton. Por fim, o lendário treinador dos Gunners, Arsène Wenger, rejeita regresso ao clube londrino.

ARSENAL SE INTERESSA POR TOM HEATON, DO ASTON VILLA

De acordo com o jornal ‘Daily Mail', o Arsenal busca Tom Heaton para fazer sombra ao titular Leno. Ainda mais depois das fracas atuações do reserva Alex Runnarson, que fez o clube rever sobre a posição de goleiro substituto. Além disso, os Gunners veem seu antigo arqueiro, Emanuel Martinez, liderar a Premier League em clean sheets.

WENGER REJEITA RETORNO AO ARSENAL

Multicampeão pelos Gunners, Arsène Wenger descarta retornar ao comando do clube. Em entrevista ao canal de TV francês ‘BFM Business', o lendário técnico diz que seria um erro voltar ao Arsenal e que não se deve fazer a mesma coisa duas vezes. Por outro lado, Wenger diz que torce para que os “tempos sombrios” sejam passageiros e que apoiará o clube em qualquer situação.

ASTON VILLA PEDIRÁ ADIAMENTO DO JOGO CONTRA O EVERTON

Devido aos casos positivos de Covid-19 em grande parte do elenco e da comissão técnica, o Aston Villa tentará adiar o jogo contra o Everton. Juntamente com os infectados, o elenco principal encontra-se isolado, além do centro de treinamento ter sido fechado. Portanto, o conselho da liga deverá aprovar o adiamento nesta quinta-feira (14). Sendo assim, os jogadores devem sair do isolamento apenas no domingo (17), de acordo com as diretrizes da ‘Public Health England'.

SALAH DOA CERCA DE R$3 MILHÕES PARA O COMBATE À COVID-19 NO EGITO

Conhecido pelas atitudes nobres, Mohamed Salah continua a encantar o mundo pelas ações fora de campo. Nesse sentido, o egípcio ajudou seu país com nada menos que R$3 milhões para combater a pandemia do coronavírus. Dessa forma, por meio da instituição de caridade ‘Nagrig Charity Association', o dinheiro doado foi utilizado para a compra de tanques de oxigênio, que irão auxiliar no tratamento da doença.

Foto Destaque: Reprodução/Visionhaus

Márcio Moreno
Márcio Moreno
Escolhi o jornalismo pela paixão pelo esporte, tanto para escrever quanto para falar e debater. Já produzi reportagem para TV sobre rotatividade de técnicos no futebol brasileiro, além de ter escrito sobre handebol no jornal impresso da faculdade. Além do futebol, sou fã de tênis, basquete e Pro-Wrestling.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo