Site de futebol com notícias do futebol nacional e internacional. Além de prognósticos, análises e palpites para os jogos. Vila Nova

Entre as modalidades de esportes olímpicos do Vila Nova o futebol feminino foi destaque nessa temporada. Principalmente por ganhar o Campeonato Goiano e garantir uma vaga na Série A3 de 2022. Entretanto, para que o projeto fosse para frente, foi necessária a parceria com a empresa Universo.

Contudo, essa parceria inclui também outras modalidades. De acordo com o vice-presidente Leandro Bittar, a parceria com a Universo tem sido positiva.

“Acho que foi muito proveitosa a nossa parceria com a Universo. Não só no futebol feminino, mas nas outras modalidades também. No futebol feminino a gente viu aqui o quanto foi emocionante. O quanto a torcida gostou de participar daquele momento. Ganhamos o título em casa. Agora temos a possibilidade de disputar o Brasileiro”.

DEP. TÉCNICO ELOGIADO POR BITTAR

Contudo, segundo ele, o orçamento do departamento é próprio. Assim, não depende do Vila Nova em si, e isso vai refletir dentro de campo na busca pelo objetivo na próxima temporada. Os conselheiros Sílvio Cavalcante e Frederico Junqueira estão à frente desse projeto.

“É lógico que tudo passa por uma questão de orçamento. O departamento olímpico está à parte do nosso futebol. Eles tem orçamento e investimento próprios. Dessa forma, isso vai determinar qual vai ser nosso campeonato. Porém, por tudo que vejo do trabalho do professor Willian Mendes com o Frederico Junqueira, iremos sim disputar um acesso”, analisou Bittar.

TAMANHO DO FUTEBOL FEMININO PARA O VILA NOVA

Todavia, os clubes que disputam a Série A do Brasileirão são obrigados a ter um time feminino. Contudo, quando alguns clubes caem para a série B, acontece do projeto da modalidade feminina ser paralisada, muitas vezes alegando falta de receita.

No entanto, o Vila Nova rema contra essa maré. O clube colorado possui e mantém a equipe, assim destacando Leandro Bittar.

“Vejo que é de suma importância. O Vila soma muito quando a gente coloca esse time em campo. Principalmente valorizando o campeonato. Além disso, dando oportunidade pra essas atletas de estar vestindo uma grande camisa. Isso traz pra elas não só a questão da vaidade e valorização profissional. Mas dá também, uma condição de trabalho e estrutura muito melhor. Então vejo com entusiasmo. Acredito que devemos seguir e já jogando um Brasileiro. E daqui a pouco, alçando voos maiores”.

ELENCO FEMININO VITORIOSO

Por fim, atual campeão goiano, o futebol feminino do Vila Nova/Universo terá em 2022 três competições. O Campeonato Goiano, a Copa Goiás e o Brasileiro Série A3. De acordo com Leandro Bittar, é importante a manutenção da modalidade no Vila Nova não só para o clube, mas também para as competições e atletas.

Foto destaque: Divulgação/Vila Nova FC

Matheus Santos
Setorista do Cabofriense-RJ / Vila Nova-GO ,20 anos, carioca e apaixonado por futebol, me segue no Instagram para saber mais.