Funcionários do Bahia prestam queixa após serem ameaçados por torcedores

Funcionários da Central de Atendimento ao Sócio do Bahia, relataram à policia, ofensas e ameaças de torcedores nesta sexta-feira (3). Dessa forma, o clube divulgou uma nota explicando o caso. Assim, foi registrado na Primeira Delegacia dos Barris, em Salvador. Consta no ofício que o torcedor chegou ao local no início da tarde e foi atendido 14 minutos depois. Nesse sentido, se desentendeu com os atendentes. Logo, deixou o local por volta das 14h25 (horário de Brasília) e também compareceu à delegacia alegando ter sido vítima do ocorrido.

Confira a nota divulgada pelo Bahia

O Esporte Clube Bahia vem a público se solidarizar com funcionários da Central de Atendimento ao Sócio (CAS), na Fonte Nova, alvos de ofensa e ameaças de um torcedor na tarde desta quinta-feira (2). A situação foi tão crítica que os três se dirigiram à 1ª Delegacia dos Barris, acompanhados de advogado do clube, para prestar queixa.

O torcedor chegou às 13h52, foi atendido às 14h06 e começou a se desentender com os envolvidos às 14h10, deixando o local às 14h25.

O sócio também compareceu à delegacia na sequência, afirmando-se como vítima, porém mais de 10 testemunhas presenciaram o fato e algumas delas se colocaram à disposição para testemunhar em favor dos funcionários.

A Comissão de Ética do Conselho Deliberativo será acionada para avaliar a postura do sócio.

O tricolor encara neste sábado (4), o Criciúma. A saber, é jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Ainda assim, ocorre no estádio da Itaipava Arena Fonte Nova. Dessa maneira, Guto Ferreira tem a volta do volante Rezende. Anteriormente, ficou de fora na derrota para à Tombense por 1 x 0, devido a suspensão por terceiro cartão amarelo. Do mesmo modo, Hugo Rodallega, lesionado há um mês, também deve voltar ao time. Em contrapartida, Marco Antônio vai cumprir efeito suspensivo.

Foto Destaque: EC Bahia

Caio Santos
Jornalista Esportivo, 23 anos, apaixonado por esportes. Na minha carreira, almejo ser comentarista de futebol e o meu maior sonho é cobrir uma Copa do Mundo.