Frederik Rönnow vai para o Union Berlin

O goleiro da Dinamarca, Frederik Rönnow, 28 anos, está de saída do Frankfurt e está indo rumo ao Union Berlin. Desse modo, o arqueiro estava no clube desde 2018 quando veio do Bröndby IF. Além disso, foi comprado pelo Die Eisernen no valor de € 2,5 milhões de Euros.

Antes de mais nada, o titular da posição é Kevin Trapp e também as constantes lesões de Rönnow fizeram o desempenho dele cair e acabar emprestado ao Schalke. Desse modo, não atingiu o potencial que a torcida e o clube acreditavam, jogando apenas 21 partidas pelo Frankfurt. Além disso, atuou apenas em 11 jogos pelo Schalke.

No entanto, seu nome era frequente na seleção da Dinamarca. Assim, foi chamado para a Euro 2020 mas era reserva do Kasper Schmeichel em toda a competição, junto com Jonas Lössl. E não entrou em nenhuma partida. A saber, o goleiro passou por todas as categorias de base e estreou no principal em 2016, soma oito jogos pelo Danish Dynamite.

ENTENDA TODA HISTÓRIA DE FREDERIK RÖNNOW

O goleiro veio com muita expectativa para o Frankfurt no ano de 2018. Assim, o arqueiro titular era o Trapp, mas o jogador ficou muito tempo machucado e acabou cedido ao Schalke para tentar ganhar mais tempo de jogo. Contudo, não conseguiu se firmar e retornou do empréstimo. Desse modo, perdeu espaço e acabou vendido ao Union Berlin, clube do mesmo campeonato mas com destaque menor.

Assim, o Schalke acabou rebaixado, mas o goleiro não perdeu tanto espaço. Contudo, o Frankfurt conta com outros arqueiros hoje e o atleta resolveu buscar outros ares. Sendo assim, os Die Adler contam com Kevin Trapp (30 anos), Jens Grahl (32 anos), Marcus Schubert (23 anos), Elias Boerdner (19 anos) e Diant Ramaj (19 anos). Dessa maneira, mescla jovens e antigos no atua elenco, o Union Berlin conta com um time que vem crescendo e se firmando no cenário alemão.

Foto Destaque: Reprodução/ Bulinews

Nicollas Almeida
Escolhi o jornalismo porque queria contar histórias, participará dela também. Já estagiei na assessoria de imprensa de um órgão do governo do Rio de Janeiro. Fiz trabalhos voluntários no meio religioso e político, participei de um programa de debate na rádio na faculdade.

Deixe uma resposta