Fred está perto de fechar com o Atlético Mineiro

Mesmo sem entrar em campo, no último sábado, o atacante e ídolo tricolor Fred foi o grande protagonista do jogo contra o Volta Redonda: alegando problemas pessoais, o atleta nem sequer viajou e, durante os dias que se seguiram, o problema dele, na verdade, era bastante profissional: seu técnico, Levir Culpi.

Após a vitória, o comandante tentou se desviar das perguntas sobre seu relacionamento com Fred, alegando que ele não escalou o atacante para o jogo e que não sabia os reais motivos pelos quais ele estaria com problemas, dizendo, inclusive, que gostaria de conversar com o camisa 9 para entender se existe alguma rixa entre os dois. Na coletiva, afirmou que “quem não está feliz com o time deve sair”, como já ocorreu em outras situações, quando mencionou que não aprova a influência que Fred tem no time e que nenhum dos dois deve ser maior que o próprio clube.

Fred está desde no Fluminense desde 2009 e já marcou 167 gols com a camisa 9, mas sua relação com a torcida sempre foi de amor e ódio, principalmente por se envolver em polêmicas em questões internas. No último final de semana, os tricolores ficaram do lado do técnico, cantando gritos de apoio e afirmando que não precisam do atacante no time. Indagado sobre isso, Levir disse que o Fluminense precisa de Fred, assim como qualquer time precisa de um atacante como ele.

Do outro lado, o atleta verbalizou sua vontade de sair do time das Laranjeiras por conta do técnico e, então, a diretoria deixou em aberto para que outros clubes mostrassem interesse. Atualmente, Fred tem um dos salários mais altos do futebol brasileiro (R$ 800 mil), o que é um impasse tanto para o Fluminense, de continuar pagando, quanto de outros clubes, já que é um valor acima da média nacional.

Clubes interessados

Desde o final de semana, vários boatos e especulações surgiram em torno da novela entre Fred e Levir. Foi falado que Palmeiras, São Paulo e Atlético Mineiro haviam se interessado em ter Fred no time. Enquanto Paulo Nobre, como de costume, elogiou o jogador e não afirmou nem negou um possível contato, outros clubes foram mais à frente, demonstrando interesse real no atleta.

Ontem à noite, o jornalista da FOX Sports Renato Maurício Prado afirmou que o único que, de fato, fez uma proposta. Segundo ele, o SPFC já teria até conversado com o presidente do Flu para propor uma troca sem custos até o final do ano, oferecendo, inclusive, todos os jogadores do elenco, exceto por Paulo Henrique Ganso.

No entanto, outros boatos afirmam que Fred estaria bem mais perto de atuar pelo Atlético Mineiro, inclusive tendo aceitado uma redução de salário. Na noite de terça-feira, Fred e a diretoria do Galo teriam acertado o salário em torno de R$ 500 mil e só faltaria a presença do atacante em Minas Gerais para acertar últimos detalhes, fazer exames médicos e assinar o contrato. Por outro lado, para ter o jogador (que tem vínculo com o Fluminense até 2018), o time mineiro terá que se desfazer de alguns nomes. Dátolo, Eduardo e Carlos teriam surgido nas negociações.

Com as inscrições dos estaduais encerradas na próxima sexta, se tudo correr como está sendo circulado, Fred poderá jogar a semifinal do campeonato estadual já pelo Atlético.

Avatar
Marina Bufon Nunes
Marina Bufon Nunes é formada em Linguística, mas a formação da vida a levou a amar e a viver de futebol. O gramado é seu tapete e a arquibancada, seu sofá. Achegue-se nas matérias e comentários, que são tirados de seu (sofrido) coração torcedor.

Artigos Relacionados

Topo