france football

A revista francesa France Football irá fazer este ano a eleição da Bola de Ouro Dream Team. Entretanto, como optaram por não premiarem o melhor jogador do ano por conta do calendário atípico, prejudicado pela Covid-19, os franceses decidiram montar o melhor time da história do futebol. Dessa maneira, serão indicado 10 jogadores por posição, começando do goleiro e indo até os atacantes. Assim, a formação optada pela revista foi 3-4-3.

Os goleiros, zagueiros e laterais foram indicados nesta segunda-feira (5).  Sendo assim, tiveram sete laterais do Brasil na lista. Os brasileiros indicados são: Djalma Santos, Carlos Alberto Torres, Cafu, Nilton Santos, Júnior, Roberto Carlos e Marcelo.

A divulgação dos dois volantes e dos dois meias serão na próxima segunda-feira (12). Já, daqui a duas semanas (19), serão os centroavantes e pontas.

Dessa forma, as eleições seguirá o mesmo protocolo das escolhas do melhor jogador do ano. Desse modo, a France Football selecionará 170 especialistas para definirem o melhor jogador de cada posição. Além disso, a revista abriu uma votação popular em seu site nesta manhã. Entretanto, não terá influencia nenhuma no resultado final.

OS INDICADOS

GOLEIROS

Gordon Banks (ING), Gianluigi Buffon (ITA), Iker Casillas (ESP), Sepp Maier (ALE), Manuel Neuer (ALE), Thomas N'Kono (CAM), Peter Schmeichel (DIN), Edwin van der Sar (HOL), Lev Yashin (RUS) e Dino Zoff (ITA).

ZAGUEIROS

Franco Baresi (ITA), Franz Beckenbauer (ALE), Fabio Cannavaro (ITA), Marcel Desailly (FRA), Ronald Koeman (HOL), Bobby Moore (ING), Daniel Passarella (ARG), Matthias Sammer (ALE), Gaetano Scirea (ITA), Sergio Ramos (ESP)

LATERAIS DIREITOS

Giuseppe Bergomi (ITA), Cafu (BRA), Carlos Alberto Torres (BRA), Djalma Santos (BRA), Claudio Gentile (ITA), Manfred Kaltz (ALE), Philipp Lahm (ALE), Wim Suurbier (HOL), Lilian Thuram (FRA), Berti Vogts (ALE)

LATERAIS ESQUERDOS

Andreas Brehme (ALE), Paul Breitner (ALE), Antonio Cabrini (ITA), Giacinto Facchetti (ITA), Júnior (BRA), Ruud Krol (HOL), Paolo Maldini (ITA), Marcelo (BRA), Nilton Santos (BRA), Roberto Carlos (BRA).

Foto destaque: Reprodução/France Football

Gustavo Oliveira
Bom, eu escolhi jornalismo pois quero estar cada vez mais perto do esporte e também por querer ter uma certa relevância e poder, através do esporte, influenciar pessoas a fazerem o bem. Além disso, acho prazeroso fazer qualquer coisa que esteja ligada com o esporte e o jornalismo me proporciona isso.

Artigos Relacionados