França mantém público e pode aumentar

- França libera público nos estádios, mas com medidas sanitárias
Torcidas voltam a acompanhar os jogos dentro do estádio na França

Desde 11 de julho, o dia do fim do estado de emergência na França, os estádios foram autorizados a liberar o público. No entanto, há medidas de higiene básica como: os torcedores deverão estar sentados, de máscara, com uma cadeira de distância e um limite de 5 mil pessoas por jogo.

Entretanto, os clubes esperavam uma evolução, essencial para sua economia, mas houve o aumento de circulação do vírus. Na final da Copa da França, entre PSG e Saint-Etienne, aconteceu com 2.800 espectadores.

O Ministério de Esportes, dirigido pela ex-nadadora Roxane Maracineanu, anunciou:

“Será dadas em função da capacidade do local esportivo em relação aos assentos. Após uma análise da situação sanitária geral e local. Desde que se adapte de forma rigorosa aos protocolos de saúde acolhida e de acesso do público, com o objetivo de evitar os riscos de espalhar o vírus”

Por outro lado, nesta quarta-feira (24), a França declarou o fechamento de bares e restaurantes em Marselha. A Europa, no mesmo dia, bateu seu recorde com 5 milhões de infectados. Ainda mais, a cidade francesa está em situação de alerta máximo.

O estado do Rio de Janeiro liberou público também, mesmo com todos os agravantes que o Brasil vive. Com todos os problemas enfrentados até o momento, é necessário a volta dos torcedores ao estádio?

Foto Destaque: Reprodução/Reuters

Gabriel Yudi Gati Isii

Sobre Gabriel Yudi Gati Isii

Gabriel Yudi Gati Isii já escreveu 53 posts nesse site..

Escolhi jornalismo porque tenho paixão pelo futebol. Faço faculdade na PUC-SP e já estudei na Etec Albert Einstein. Meu sonho é viver do esporte que admiro.

BetWarrior


Poliesportiva


Gabriel Yudi Gati Isii
Gabriel Yudi Gati Isii
Escolhi jornalismo porque tenho paixão pelo futebol. Faço faculdade na PUC-SP e já estudei na Etec Albert Einstein. Meu sonho é viver do esporte que admiro.

Artigos Relacionados

Topo