Nesta terça-feira (28), Fortaleza e Ceará se encontram em mais um , disputada em jogo único. O confronto acontece no Estádio de Pituaçu, em Salvador, e a bola rola às 21h30 (horário de Brasília). Essa será a primeira vez na história que as equipes se enfrentam fora do estado.

FORTALEZA

O Fortaleza avançou para a semifinal do Nordestão, após disputar as penalidades na partida contra o Sport, nas quartas de final, no sábado (25). As equipes não saíram do 0 x 0 durante os 90 minutos, apesar de o Tricolor ter tido maior posse de bola e oportunidades. Desde o retorno do futebol, o Leão do Pici ainda não perdeu nenhuma partida. Logo, soma quatro triunfos e apenas um empate. Inclusive, uma dessas vitórias foi contra o Ceará, pelo Campeonato Cearense.

CEARÁ

Assim como o Fortaleza, o Ceará também atuou no sábado (25). Desse modo, enfrentou o Vitória e venceu por 1 x 0, com gol de pênalti marcado por Vinícius. O Alvinegro teve que jogar a maior parte do segundo tempo com um jogador a menos, devido a expulsão. Portanto, Luiz Otávio cumprirá suspensão e desfalca o Vovô. Desde o retorno dos jogos, a equipe atuou em cinco partidas e soma quatro triunfos. A única derrota foi na partida contra o rival.

RETROSPECTO – FORTALEZA X CEARÁ

Fortaleza e Ceará já protagonizaram o Clássico-Rei em 90 ocasiões na história. Assim, o retrospecto é melhor para o Vozão, uma vez que venceu 32 partidas. Já o Leão do Pici, ficou com o triunfo em 22 encontros. O placar terminou empatado 36 vezes. O último duelo entre as equipes foi pelo Campeonato Cearense e o Tricolor venceu por 2 x 1.

APOSTA INDICADA E PALPITE

Por se tratar de um dos maiores clássicos nordestinos, essa será uma partida bastante disputada. Logo, por conta da alta rivalidade entre as equipes, tudo pode acontecer. Ainda assim, o Fortaleza vive um melhor momento e é o favorito para vencer. Dessa maneira, o palpite é de que o placar termine em 2 x 1 para o Leão do Pici.

Odds: 1 (2.04)| x (3.10) | 2 (3.35)

Foto destaque: Divulgação/FNV

Ayana Santana
Uma baiana de 19 anos, estudante de jornalismo no Centro Universitário Jorge Amado, amante do futebol e do Esporte Clube Bahia. Encontrou no jornalismo a junção de duas paixões: a escrita e o esporte.

Artigos Relacionados