Convocado para a Copa América, pelo seu país o Equador. Antonio Valencia, tem como certa a saída do Manchester United, onde fez história atuando pela lateral direita.  Dessa forma prestou serviços aos Red Devils desde 2009 e não teve seu contrato renovado ao fim da última temporada.

A tendência é que Valencia volte a atuar nos gramados equatorianos. Deste modo, a Liga Deportiva Universitaria, ou simplesmente LDU, tem interesse em contrata-lo para disputar a reta final da Copa Libertadores. Em busca do bicampeonato, a equipe enfrenta o Olimpia do Paraguai, pelas oitavas de final do torneio.

Segundo o jornal El Universo, do Equador. A expectativa para os próximos dias é que os dirigentes da LDU, procurem o staff de Valencia. Afim de fazer uma oferta ao atleta, que concentrado junto a seleção, não falou com a imprensa sobre o assunto. Todavia, seu pai, Luis Valencia, se pronunciou ao mesmo jornal. “Conversei com Antonio e ele está concentrado na Copa América. Me disse que definirá seu futuro logo após o término do torneio”.

Porém, uma das dificuldades na contratação é pagar valores semelhantes ao recebido pelo lateral na Europa. Consequentemente cartolas equatorianos pretendem utilizar um pacote de marketing, estratégia semelhante a do Corinthians, quando contratou Ronaldo em 2009. Valencia também possui sondagens do Barcelona de Guayaquil, Galatasaray, Inter de Miami, clube que tem como dono David Beckham e DC United.

Antes de fazer carreira nos Diabos Vermelhos, Antonio Valencia atuou pelo El Nacional, do Equador, entre 2003 e 2005, sua primeira equipe no futebol profissional. Posteriormente, foi se aventurar no Velho Continente, passando por Villarreal, Recreativo de Huelva e Wigan Athletic. Logo depois, no United disputou 339 partidas e marcou 25 gols. Atualmente, Valencia está com 33 anos.

Avatar
Luciano Massi
Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...

Artigos Relacionados