Fora de casa, Floresta vence Salgueiro e dorme na liderança do Grupo 3 da Série D

- No outro jogo do dia, Globo-RN e Campinense empatam no Barretão
Floresta vence Salgueiro e assume a liderança do Grupo 3 da Série D (Foto: Reprodução / Ronaldo Oliveira)

Neste sábado (17), dois jogos abriram a 7ª rodada do Grupo 3 do Campeonato Brasileiro da Série D com destaque para a vitória do Floresta. Assim, no Barretão, o Globo-RN recebeu o Campinense e, apesar do domínio, empatou em 1 x 1 com gols de Gabriel Silva e Rômulo. Em seguida, no sertão pernambucano, o Verdão da Vila surpreendeu o líder Salgueiro e venceu por 1 x 0 através do gol de Alisson.

Dessa forma, com os resultados, o Floresta chegou a terceira vitória seguida e assumiu a liderança do Grupo 3 com 14 pontos. Já o Salgueiro caiu para a 4ª posição com nove pontos. Com o empate, Globo-RN e Campinense seguem fora do G4. Agora, na próxima rodada, as quatro equipes voltam a se enfrentar com os mandos invertidos no início do returno da fase de grupos.

BRASILEIRÃO SÉRIE D – PRIMEIRA FASE –  GRUPO 3 – 7ª RODADA

GLOBO-RN 1 x 1 CAMPINENSE

Com objetivos iguais na rodada, Globo-RN e Campinense precisavam da vitória para terminar o turno no G4 da classificação. No entanto, as equipes fizeram um primeiro tempo morno e sem muita produção ofensiva. Assim, pelo lado dos potiguares, Felipinho e Beleu tentaram investidas, sem sucesso. Já a Raposa, aos 33′, teve uma falta perigosa, mas não conseguiu aproveitar para abrir o placar.

Logo, as emoções ficaram reservadas para a etapa complementar. Assim, o Globo-RN voltou pressionando o adversário, que teve Netto expulso, aos 25′. Com isso, a pressão mandante se intensificou e o árbitro marcou pênalti para os potiguares. Gabriel Silva converteu e abriu o placar para a Águia de Ceará-Mirim. Em seguida, os donos da casa tiveram chance de ampliar, mas Edson Kapa desperdiçou. No entanto, na reta final, Rômulo marcou e empatou para o Campinense.

SALGUEIRO 0 x 1 FLORESTA

Enquanto que no sertão pernambucano, as equipes jogaram em busca da liderança do Grupo 3. No entanto, a primeira etapa foi de um jogo truncado pelo meio campo e sem maiores inspirações por parte dos clubes. Logo, poucas foram as chances criadas já que o Floresta se fechou no campo de defesa e o Salgueiro teve dificuldades para fazer infiltrações.

Na volta do intervalo, ainda se defendendo, o Floresta aproveitou a primeira boa chances em uma bola parada. Assim, aos 20′, após escanteio de Fábio Alves, Alisson abriu o placar no Cornélio de Barros. Em seguida, o Salgueiro se lançou ao ataque em busca do empate, mas era pouco efetivo e não conseguiu balançar as redes. Dessa forma, o Verdão da Vila comemorou o terceiro triunfo seguido.

Foto Destaque: Reprodução / Ronaldo Oliveira

Ricardo do Amaral

Sobre Ricardo do Amaral

Ricardo do Amaral já escreveu 693 posts nesse site..

"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

BetWarrior


Poliesportiva


Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

    Artigos Relacionados

    Deixe uma resposta

    Topo