Fluminense é eficiente e aumenta jejum do Furacão

- CAP tem mais posse de bola durante todo o jogo, mas a superioridade não foi traduzida em gols

O Atlético-PR continua mal das pernas no Campeonato Brasileiro. Após derrota para o Fluminense por 2 x 0 neste domingo (20), o time do treinador Fernando Diniz acumula seis jogos sem vencer na competição nacional. Já o tricolor carioca ganha mais uma e cola nos líderes.

Primeiro tempo

Jogando para frente e com muita posse de bola, o Furacão se impôs na etapa inicial, embora não tenha levado muito susto à meta do Flu. As chances mais claras, então, eram do Fluminense, que explorava o erro do adversário, resultando na abertura do placar.

Aos 25′, em bela tramitação entre os meias, Jadson recebeu belo passe de calcanhar e mandou uma bomba para o gol. O goleiro Santos até defendeu, mas Thiago Heleno estava lá para empurrar contra sua própria meta. O meia do Flu saiu comemorando, porém o juiz deu gol contra do zagueiro do CAP.

Dez minutos depois, Jadson participou de mais uma jogada que resultou em gol. Dessa vez, porém, com um belo passe para Marcos Junior, que deu uma cavadinha na saída do goleiro Santos, marcando o segundo.

Jadson comemora gol, mas juiz validou como gol contra do Thiago Heleno
Jadson comemora, mas juiz validou como gol contra do Thiago Heleno / Foto: globoesporte.com

Segundo tempo

Após os gols, o Tricolor Carioca apenas administrou o placar. Embora o Furacão tenha partido para o ataque, não foi eficiente nas suas decisões, dando pouco trabalho à zaga do Flu. No contra-ataque, o time de Abel Braga tentava ampliar o resultado, mas não foi tão bem quanto nos primeiros 45 minutos.

A partida, portanto, terminou com 65% de posse de bola ao CAP. O time paranaense não conseguiu passar do paredão do adversário. Diniz deixou seu time mais ofensivo ao longo do jogo, promovendo mudanças táticas durante a partida.

No segundo tempo, o CAP continua com mais posse e bola, mas não leva perigo
No segundo tempo, o CAP continua com mais posse e bola, mas não leva perigo / Foto: Armando Paiva – O Lance

Análise

Após bom início de temporada, sendo campeão paranaense, o Atlético-PR vive seu pior momento até então. O treinador Fernando Diniz procura suprir as carências que o elenco tem, mas ainda sem sucesso no Campeonato Brasileiro. O Fluminense, que também tem lá seus pontos fracos, vence mais uma e cola nos líderes da competição.

Sergio Vitor

Sobre Sergio Vitor

Sergio Vitor já escreveu 152 posts nesse site..

Jornalista com 22 anos de idade, atua, há três, como repórter, redator e social media para uma revista especializada do setor de seguros, economia e negócios. Em 2016, ainda na graduação, começou a dedicar seu tempo escrevendo matérias no Futebol na Veia. Atualmente, é responsável pela análise de SEO do FNV, além de participar de programas esportivos na rádio, todos alinhados ao site.

BetWarrior


Poliesportiva


Sergio Vitor
Sergio Vitor
Jornalista com 22 anos de idade, atua, há três, como repórter, redator e social media para uma revista especializada do setor de seguros, economia e negócios. Em 2016, ainda na graduação, começou a dedicar seu tempo escrevendo matérias no Futebol na Veia. Atualmente, é responsável pela análise de SEO do FNV, além de participar de programas esportivos na rádio, todos alinhados ao site.

    Artigos Relacionados

    Topo