Flu entra na briga por Wellington, volante do Athletico-PR

De acordo com o jornalista Jorge Nicola, da ESPN, três times estão na disputa pelo volante Wellington, do Athletico-PR. São eles: Grêmio, Cruzeiro e o Fluminense. Por conta desse interesse, o Furacão ainda não chegou num acordo com o atleta para renovação. Vale lembrar que seu vínculo com o clube vai até o fim deste ano. Ainda de acordo com notícia, o Santos corre por fora para saber sobre as negociações.

Primeiramente, o clube já tinha tentado renovar com o atleta no início deste ano. O Athletico-PR até fez uma pré-renovação no começo do Brasileirão, que iria até o final de 2012. Mas por conta da pandemia, está negociação não foi para frete. O jogador de 29 anos e capitão da equipe, sempre deixou claro que sua vontade seria permanecer no time do Furacão. Mas segundo Nicola, as conversas que o atleta e seus representantes tinha com Mario Celso Petraglia, presidente do clube, eram tensas.

Neste ano, o volante já quase saiu em duas ocasiões. A primeira foi no início do Campeonato Brasileiro, ele quase foi vestir a camisa do Grêmio. E a última foi em outubro, onde o atleta recebeu proposta do Besiktas, da Turquia, mas a negociação não cumpriu o prazo da federação turca.

Por fim, Wellington está defendendo o Furacão desde 2018. Teve passagem também pelo São Paulo, Internacional e Vasco. Vale lembrar que o atleta tem propostas também do exterior. Dessa forma, com o término do seu vínculo chegando ao fim, o volante pode assinar um pré-contrato com qualquer clube podendo sair de praticamente de graça.

WELLINGTON COM A CAMISA DO ATHLETICO-PR

Como já foi dito antes, o atleta chegou no Athletico-PR em 2018. Depois de ter defendido o Vasco, o valor da venda gira em torno 1,50 milhões de euros, segundo o Transfermarkt. Atou em 109 jogos, sendo 95 como titular, e marcou apenas um gol com a camisa do Furacão. Pelo clube, conquistou a Copa Sul-Americana de 2018, Copa do Brasil de 2019 e o Estadual de 2020.

Foto Destaque: Miguel Locatelli/Site Oficial

Gabriel Gonçalves
Formado em jornalismo, escolhi esse caminho pois gosto de contar histórias para as pessoas. Apaixonado por esportes, agradeço ao meu avô por ter colocado o futebol na minha vida.

Artigos Relacionados