Neste sábado (27) às 19h (horário de Brasília), o vice-líder Flamengo recebe o atual líder Palmeiras no Maracanã pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. No último confronto, as duas equipes venceram: o rubro-negro goleou o Paraná por 4 x 0 na casa do tricolor, e o verdão por 2 x 1 jogando em casa. As equipes estão a quatro pontos de diferença na tabela do Brasileirão.

FLAMENGO

Não é dúvida para ninguém que essa rodada é decisiva para ambas as equipes: o rubro-negro depois da chegada do técnico Dorival melhorou muito e o seu desempenho vem crescendo a cada partida. Já foram cinco jogos sob comando do treinador, sendo deles quatro vitórias e um empate. Além disso, a partida ganha um caráter maior pela importância dos seus torcedores, com todos os seus 65 mil ingressos vendidos para a partida.

Para a escalação do time, Dorival deve manter a mesma formação, mesmo após toda aquela repercussão sobre o goleiro Diego Alves. O titular da partida será César: o goleiro está invicto em todas as partidas que disputou sem sofrer nenhum gol, e Diego Ribas, camisa 10, também deve continuar no banco de reservas.

Provável Escalação: César; Pará, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Arão, Paquetá e Éverton Ribeiro; Vitinho e Uribe. Técnico: Dorival Júnior.

PALMEIRAS

O Palmeiras, assim como o Flamengo, tem vivido sua melhor fase até aqui: já são 15 jogos invictos sem perder. O time paulista vem de cinco vitórias em seus cinco últimos jogos, chegou até a semifinal da Copa do Brasil, mas perdeu para o campeão Cruzeiro, e, além disso, está disputando a Libertadores da América pela semifinal. Apesar da derrota por 2 x 0, o time ainda tem chances na competição.

Para o confronto, a equipe alviverde terá alguns desfalques importantes. No último jogo quatro jogadores levaram cartão e ficarão de fora para esta partida: Mayke, Bruno Henrique, Lucas Lima, Deyverson. Já Marcos Rocha e Jean estão machucados e Artur em transição. A única certeza para o jogo é a improvisação da lateral direita, que deve ser ocupada por Thiago Santos.

Provável Escalação: Weverton; Thiago Santos, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Guerra, Felipe Melo e Moisés; Hyoran, Dudu e Borja. Técnico: Felipão.

RETROSPECTO

Em confronto direto, as equipes se enfrentaram em 113 jogos, sendo vantagem alviverde de 46 vitórias contra 37 dos rubro-negros e, consequentemente, 30 empates. O clube paulista também marcou mais vezes, foram 191 gols contra 163 dos cariocas.

Laís Assumpção
Laís Mayara Pereira de Assumpção, tenho 24 anos, sou carioca nascida em Nova Iguaçu RJ. Sou uma pessoa apaixonada por futebol desde menina! Sou formada em rádio Tv (técnico) pela Uninassau (Pronatec) aqui de Recife. Estou cursando jornalismo no 1º período.

Artigos Relacionados