Flamengo vence e entra no G4

Com uma vitória na última rodada contra a Ponte Preta, o Flamengo foi embalado para Volta Redonda enfrentar o Vitória. Pela 5ª rodada, a equipe rubro negra precisava apenas de um placar simples para chegar ao G4.
Parecia que ela não viria. Jogando de forma acelerada no primeiro tempo, o Flamengo perdeu grandes chances para abrir o placar. O Vitória buscando o contra-ataque gostava destas investidas do rubro negro para abrir os espaços e chegar a área de Alex Muralha. Chegavam sem muita eficiência, mas só de estar por perto, rondando, a torcida – que não foi grande no Raulino de Oliveira – já temia.
O técnico interino Zé Ricardo, mudou o meio de criação com colocou Alan Patrick e Mancuello. O argentino na primeira etapa perdeu uma grande chance, em jogada de Felipe Vizeu, que chutou fraco e na seguência, Cirino concluiu pior ainda. Para segunda etapa, na mesma receita que venceu a Ponte Preta, o Flamengo chegou ao gol. Falta cobrada por Alan Patrick, bola disputada na área, que Arão serviu o menino Vizeu, que fez o gol da vitória rubro negra.
Após o gol, o Flamengo ainda teve chance de liquidar a partida com Cirino novamente, mas o jogador em noite sem inspiração perdeu mais uma vez. Com os três pontos a equipe carioca entra no G-4, em quarto lugar somando 10 pontos depois de cinco rodadas. Agora o Rubro Negro vai para Brasília receber o Palmeiras, neste domingo às 16hrs.
Avatar

Sobre Alain Petterson

Alain Petterson já escreveu 50 posts nesse site..

Alain Gonzaga é Paulista de São José dos campos, 27 anos, estudou Direito mas por amar o futebol e os esportes preferiu ir para Jornalismo para ficar mais perto daquilo do que gosta de falar. Está no jornalismo a 3 anos na “divisão de base” da carreira, buscando uma vaga no profissional.

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Alain Petterson
Alain Gonzaga é Paulista de São José dos campos, 27 anos, estudou Direito mas por amar o futebol e os esportes preferiu ir para Jornalismo para ficar mais perto daquilo do que gosta de falar. Está no jornalismo a 3 anos na “divisão de base” da carreira, buscando uma vaga no profissional.

    Artigos Relacionados

    Topo