Apesar da vitória sobre Avaí/Kindermann na noite desta quarta-feira (14), o Flamengo ficou de fora do mata-mata do Brasileirão Feminino A1. A saber, o placar de 2 x 1 levou ao empate no número de pontos com o Grêmio, que ficou no 0 x 0 com o São Paulo. No entanto, o tricolor gaúcho ocupou a última vaga do G8 por conta do saldo de gols.

1° TEMPO

A princípio, a equipe carioca começou pressionando e colocou o Flamengo na frente logo aos 7′. Ana Carla cobrou bem o escanteio e marcou um gol olímpico.  Embora os erros na troca de passes tenham prejudicado o Kindermann, as Caçadoras levaram perigo à goleira Kaká.

Assim, Catyellen superou a marcação de Cida aos 24′, limpou o lance e colocou a bola na trave. Além disso, Letícia deixou tudo igual para as visitantes ainda na primeira etapa, após a bola bater no travessão e voltar nos pés da camisa 21.

https://twitter.com/AvaiKindermann/status/1316516137555943425

2º TEMPO

As Rubro-Negras precisavam da vitória e não deixaram a oportunidade escapar. Aos 8′, Flávia cabeceou e balançou a rede. Sem grandes chances de reação, o Kindermann viu o Flamengo dominar a partida e quase ampliar a vitória no fim. Aos 43′, Carlinha saiu em velocidade e chutou no meio do gol, para a defesa de Bárbara.

FLAMENGO X AVAÍ/KINDERMANN – E AGORA?

Com o triunfo, o time de fica com o mesmo número de pontos que o Grêmio, mas perde nos critérios de desempate. Com dois gols de saldo, o Flamengo tem três a menos que o tricolor gaúcho e não se classifica para a próxima fase do Campeonato. Por outro lado, o Kindermann já entrou em campo garantido no mata-mata. Assim, a equipe enfrenta o São Paulo pelas quartas de final do Brasileirão Feminino A1.

MELHORES MOMENTOS – FLAMENGO X AVAÍ/KINDERMANN

Foto destaque: Reprodução/Twitter/Avaí Kindermann

Luma Lane Rodrigues
Luma Lane Rodrigues
Meu nome é Luma Lane. Tenho 18 anos, sou da cidade de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro e estou cursando o segundo período de jornalismo no UBM - Centro Universitário de Barra Mansa. Sempre fui apaixonada na área - em especial no jornalismo esportivo - e entrar para a faculdade me deu ainda mais certeza de que esse é o meu sonho. Gosto bastante de fotografar, ouvir músicas, ler e escrever. Considero o ramo extremamente importante e necessário, pelo contato com o público e por ter a transmissão da verdade como pilar principal. Nesse sentido, meu objetivo é conhecer diferentes culturas, esportes e pessoas, para contribuir de forma cada vez mais eficaz ao mundo. Nesta que é a minha primeira experiência profissional, espero colaborar com meus textos para o crescimento da plataforma, além de aprender com as técnicas do site para evoluir na carreira.

Artigos Relacionados