Flamengo e Amazon

No ultimo domingo (11), Flamengo x Palmeiras se enfrentaram pela Supercopa do Brasil. Jogo que sagrou o time rubro-negro como bicampeão. Neste jogo, a equipe da Gávea usou o patrocínio da Amazon Prime Vídeo. A plataforma de vídeos da empresa americana na parte de trás da camisa. Parceria, que, de início, seria apenas de um jogo, mas o retorno foi satisfatório.

De início, alguns dirigentes do clube rubro-negro notaram que a própria Amazon divulgou em suas redes informações sobre o confronto. A Prime Vídeo é conhecida por ser umas das concorrentes do serviço de vídeos dos canais Globo, a Globoplay. Porém, isso deixou algumas pessoas da diretoria preocupados em relação ao pagamento da emissora carioca. Como algo que pudesse reduzir, a quantidade acordada entre Amazon e Flamengo.

De antemão, essa parceria não seria somente de divulgação da marca na camisa. Mas também de alguns projetos dentro do clube, envolvendo jogadores e torcida. Contudo, vale lembrar que, no ano passado, Diego Ribas e Everton Ribeiro participaram de uma ação envolvendo a série The Boys.

A principio, o valor pago pela Amazon ao Flamengo não foi divulgado. Vale lembrar que, no ano passado, clube e empresa estavam bem próximos de assinar um contrato de patrocínio máster. Mas, por conta da pandemia, a empresa não ofereceu um valor que agradou o clube, que, assim, acabou assinando com a BRB, Banco de Brasília.

Entretanto, a equipe rubro-negra vem sofrendo com a perca de alguns patrocinadores. Atualmente o clube só tem o patrocínio master, e na parte de baixo das costas da camisa. Assim, por conta da pandemia, a equipe teve uma perda de quase 100 milhões em renda. E ainda espera conseguir novos patrocínios para o resto da temporada de 2021.

Foto destaque: Divulgação/Alexadre Vidal/Flamengo

Gilvan Alves
Gilvan Alves
Sou Gilvan Alves, tenho 22 anos, estudante de jornalismo, e desde pequeno apaixonado por futebol. Seja brasileiro, quanto do mundo.