Após empate de 1 x 1 contra o Racing, o Flamengo já retornou para o Rio de Janeiro. Nesse sentido, o avião que trouxe a delegação rubro-negra de Buenos Aires desembarcou ontem (25). No entanto, a volta às pressas faz parte do planejamento para que Rogério Ceni e sua equipe consigam recuperar os jogadores e já comecem a pensar no jogo de volta, na próxima terça (1).

Entretanto, não há compromisso pelo Brasileirão no fim de semana. Pois o próximo jogo é só no dia 5 de dezembro, no clássico contra o Botafogo. Portanto, Ceni terá seis dias para preparar a equipe para a volta no Maracanã.

“Vamos ter agora essa próxima semana para fazer com que o time evolua, cresça um pouco mais. Amanhã e quinta vamos fazer com que os jogadores que jogaram se recuperem. Para quem não jogou, já começamos o treino na quinta. Quem jogou na sexta começa a acelerar um pouquinho mais para chegarmos melhor no jogo da próxima terça” disse o treinador após o jogo em Avellaneda.

Contudo, no desembarque, o único que parou para falar com a imprensa foi Everton Ribeiro. O camisa 7 disse, brevemente, que o Flamengo estará mais descansado na volta e que poderá mostrar mais intensidade.

CENI TEM MISSÃO PARA O PROXIMO CONFRONTO ENTRE FLAMENGO X RACING

A principal expectativa do time gira em torno de Rodrigo Caio. Sem atuar pela equipe desde o dia 22 de setembro, o zagueiro está em reta final da recuperação de uma lesão muscular na panturrilha. Caso ele retorne, a missão do técnico será eleger sua dupla. As opções são Gustavo Henrique, Léo Pereira, Noga e Otávio. Já que Thuler e Natan estão suspensos.

Contudo, o departamento médico também terá esse tempo para avaliar a situação do lateral-direito Isla. No qual sentiu dores na parte posterior da coxa esquerda durante o aquecimento e desfalcou a equipe contra o Racing.

Foto Destaque: Reprodução/Alexandre Vidal/Flamengo

Avatar
Thamirys Abreu Vieira
Sou carioca, graduada em Jornalismo pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo). Pretendo me especializar na área esportiva e vivenciar a cada dia a magia do futebol. Exigente e de temperamento forte, mas sempre disposta a aprender. Apaixonada pela leitura e o mundo futebolístico.

Artigos Relacionados