Fiorentina anuncia Callejón e Barreca no último dia de transferências

- Atacante chega em definitivo para lugar de Chiesa, enquanto lateral-esquerdo vem por empréstimo
Apresentação Callejón Fiorentina

Depois de facilitar a saída de Federico Chiesa por um empréstimo de dois anos com opção de compra, a Fiorentina precisava de um nome para seu lugar e o escolhido foi José Callejón. O ponta, que vem de passagem de sucesso pelo Napoli estava sem contrato e chega sem custos ao time Viola.

Callejón é oriundo da base do Real Madrid, mas foi ganhar destaque no Espanyol que o comprou quando ele ainda estava no Castilla. Posteriormente os Merengues o trouxeram de volta e ele teve bons momentos no clube, marcando 20 gols em 77 jogos. No entanto o ponto alto de sua carreira foi no Napoli, onde chegou em 2013 por 9,5 milhões de euros.

Pelos Partenopei, Callejón destacou-se jogando junto de Mertens e Insigne e venceu duas Copas Itália pelo clube. Jogou por sete anos no Napoli, onde atuou em 349 jogos, marcou 82 gols e deu 78 assistências. Já em 19/20 ele disputou 45 partidas, com quatro tentos anotados, além de 10 passes decisivos.

Além de José Callejón, Fiorentina confirma Antonio Barreca

Buscando mais reforços para a temporada, a Fiorentina também anunciou a chegada do lateral-esquerdo Antonio Barreca, que estava no Monaco. O italiano chega por empréstimo de uma temporada, mas com opção de compra ao fim do período. Formado no Torino, o atleta também teve passagens por Cagliari, Cittadella, Genoa e Newcastle. Vale destacar no entanto que o jogador chega após passagem discreta pelo time genovês, onde jogou 19 partidas e deu apenas um passe para gol.

Foto destaque: divulgação/Fiorentina

Luiz Mutschele

Sobre Luiz Mutschele

Luiz Mutschele já escreveu 77 posts nesse site..

escolhi jornalismo porque foi a melhor forma de aliar duas coisas que sempre gostei: escrever e esportes. Desde então já tive o prazer de escrever sobre minha três grandes paixões: futebol, NBA e games.

BetWarrior


Poliesportiva


Luiz Mutschele
Luiz Mutschele
escolhi jornalismo porque foi a melhor forma de aliar duas coisas que sempre gostei: escrever e esportes. Desde então já tive o prazer de escrever sobre minha três grandes paixões: futebol, NBA e games.

    Artigos Relacionados

    Topo