Eran Zahavi

Ao que tudo indicada, depois de cinco temporadas na China, parece ter chegado ao fim a passagem de Eran Zahavi no Guangzhou R&F. Neste momento, o centroavante foi liberado para disputar os jogos válidos pela Nations League, com a seleção de Israel. No entanto, fontes já afirmam que o jogador teria rescindido em comum acordo com a equipe do Cantão.

Sendo assim, após realizar os jogos contra Escócia e Eslováquia, pelo Grupo 2 da Liga das Nações B, o centroavante Zahavi estará livre no mercado. Mas, até então, nada foi oficializado por ambos os lados. Inclusive, o vínculo do israelita com o clube chinês se encerra em 31 de dezembro.

“O fato de ele ter sido liberado por seu clube para as partidas da seleção nacional, enquanto seu companheiro de equipe, Dia Saba, não foi liberado, apesar de nossos esforços, mostra que este é o fim”, disse Shlomi Barzel, porta-voz da Federação de Futebol de Israel.

Se confirmado, será uma grande baixa para o R&F, que perderá seu principal jogador. Sendo assim, Zahavi se despede do Guangzhou com quatro gols e uma assistência em 2020. Num momento onde a equipe sob comando do holandês Giovanni van Bronckhorst ainda não se encontrou. Foram quatro derrotas em três jogos, incluindo ai uma goleada por 5 x 1 para Shandong Luneng e 5 x 0 para o rival Guangzhou Evergrande.

Deixará um legado

Dessa forma, Eran Zahavi encerra sua passagem na China com 103 gols em 117 partidas, uma média de 0,88 gols por jogo. Sendo disparado o maior artilheiro da história do clube. O brasileiro Renatinho é o segundo colocado no quesito, com 36 tentos.

Contudo, Zahavi deixa um legado no futebol chinês, além de boas marcas. O israelense quebrou o recorde de Elkeson com 28 gols em uma só edição de Campeonato Chinês, com 29 na temporada passada. Já em 2017, por outro lado, havia terminado com 27, assim como Wu Lei em 2018.

Qual será o destino de Zahavi?

O canal israelense ‘Sport 1′ afirmou que o Fenerbahçe está interessado em contar com Zahavi já para a abertura do Campeonato Turco em 11 de setembro. Além disso, ainda de acordo com a publicação, clubes da MLS, como Los Angeles Galaxy e Inter Miami, de David Beckham, demostraram interesse em contratar o centroavante.

Além da China, a outra experiência de Zahavi fora de Israel foi com a camisa do Palermo, da Itália. Por onde atuou entre 2011 e 2013. No entanto, não obteve tanto sucesso como teve com a camisa do Guangzhou R&F.

Portanto, aos 33 anos, Zahavi deixa o Cantão como um dos principais jogadores da história do futebol chinês.

Foto destaque: Reprodução/ESPN

Avatar
Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados