Fim de invencibilidade e muitos gols marcam fim de semana da MLS

- Além dos muitos gols, os cartões vermelhos também deixaram sua marca, no fim de semana recheado deles
Fim de invencibilidade e muitos gols marcam fim de semana da MLS

11 jogos deram continuidade a MLS, a principal liga do futebol do Estados Unidos. Como sempre, a média de gols foi bastante alta, por volta de três gols por partida, mas o que chamou a atenção foram os cartões vermelhos, que ao todo somaram-se quatro no fim de semana. Veja o resumão de mais jogos empolgantes pelo território americano na Major League Soccer.

MLS – Semana 12

Sexta-feira – 11/05

Vancouver Whitecaps 2 x 2 Houston Dynamo

Um jogo tão equilibrado que o resultado não poderia ser outro: empate. Vancouver Whitecaps e Houston Dynamo foram iguais até nos dois tempos de partida. O primeiro gol saiu com Tomás Martínez, aos 35 minutos, para os visitantes. Depois, aos 44′, José Aja empatou para os canadenses e foi só para o primeiro tempo. No segundo, a emoção tomou conta quando Manotas fez mais um para o Dynamo, aos 45′, mas aos 49′ Waston empatou novamente para o Whitecaps, dando números finais ao jogo. O empate foi melhor para os mandantes, já que estão em quinto no Oeste, o Houston é o oitavo na mesma chave.

Sábado – 12/05

Minesota United 1 x 3 San Jose Earthquakes

O San Jose finalmente saiu de uma sequência ingrata de sete jogos sem ganhar na MLS. A vitima no sábado foi o Minesota, em pleno TCF Bank Stadium. Eriksson abriu o placar para os visitantes, logo aos dois minutos de jogo. Ramirez empatou para o time da casa, dando a impressão de que a vitória não sairia tão fácil assim.

Ledo engano! O San Jose voltou do intervalo para decidir o jogo e Hoesen fez o segundo gol aos 24 minutos da segunda etapa, e aos 31′, Wondolowski ampliou dando número finais ao jogo em Minesota. Depois de três derrotas seguidas, o Earthquakes voltou a vencer na MLS, se posicionando em décimo na conferência Oeste, já os perdedores, caíram para sétimo no mesmo grupo.

Montreal Impact 0 x 2 Philadelphia Union

A temporada de cartões vermelhos foi aberta em Montreal, na derrota do time da cidade contra o Philadelphia Union. Mas antes, Cory Burke abriu o placar para o Union, aos 43 minutos do primeiro tempo, fechando assim a primeira parte do jogo no Estádio Saputo.

A segunda etapa começou com o mesmo Burke de forma negativa, sendo expulso de campo aos 13 minutos. Lovitz, do Union, seguiu o mesmo caminho e foi mais cedo para o chuveiro. Passados esses momentos, ainda deu tempo de Medunjanin fazer o segundo e confirmar a vitória do Philadelphia sobre o Impact, os deixando em oitavo lugar na conferência Leste, já o Montreal vem uma posição abaixo.

FC Dallas 3 x 2 LA Galaxy

O Dallas recebeu o Galaxy no Toyota Stadium e fez valer seu mando de campo. Primeiro com Urruti, que abriu o placar do jogo, aos 28 minutos da primeira etapa, e Lamah ampliou, aos 44′, fechando a conta dos primeiros momento da partida.

O segundo tempo começou com o Galaxy esboçando alguma reação com Ola Kamara, que fez o primeiro do Los Angeles, logo aos dois minutos de jogo, mas Lamah, cinco minutos mais tarde, novamente tratou de acabar com o ímpeto de reação e fez o terceiro do Dallas. Em seguida, Reto Ziegler acabou sendo expulso, deixando o Dallas com um a menos para o fim da partida, se aproveitando disso, Boateng diminuiu mas foi só. Com a vitória o time mandante se tornou o terceiro colocado do Oeste, já o Galaxy é o nono.

New England Revolution 3 x 2 Toronto FC

Outro jogo de cinco gols aconteceu no Gillette Stadium, na vitória do New England sobre o Toronto FC. O time da casa começou com tudo, abrindo dois gols de vantagem logo de cara, com Penilla aos 4′ e aos 7′ minutos do primeiro tempo, deixando os mandantes em boa vantagem para a segunda etapa.

Nos últimos 45 minutos, Bunburry fez o terceiro do time da casa, piorando a situação do time canadense. Mas com um gol contra, Delamea diminuiu a conta para o Toronto e Giovinco aos 44′ fez o segundo, dando indícios de um final eletrizante, mas no minuto seguinte o próprio italiano foi expulso, fechando a conta e mais uma derrota do Toronto na MLS, a sexta em nove jogos se posicionando em décimo no Leste. O New England está em sexto na mesma tabela.

Columbus Crew 3 x 0 Chicago Fire

O Columbus Crew foi outro time que fez valer o mando de campo na semana da MLS, venceu e convenceu jogando no Crew Stadium. O primeiro gol saiu aos 28 minutos de jogo com o gol de pênalti de Higuaín, começando muito bem a partida para o time da casa.

No segundo tempo, Zardes um dos artilheiros da MLS tratou de balançar as redes e liquidar a fatura para o Columbus, fazendo os dois gols que fecharam o placar em 3 x 0, dando os três pontos na tabela para o time de Ohio os deixando em segundo na chave Leste, já o Fire que pouco fez na partida é o sétimo na mesma chave, começando a perder contato com a zona de classificação para os playoffs.

Real Salt Lake 3 x 2 DC United

O terceiro jogo com cinco gols aconteceu na MLS aconteceu no Rio Tinto Stadium, em Utah, onde o Real Salt Lake bateu o DC United por 3 x 2, ajudando a deixar para trás uma sequência de dois jogos com derrotas na competição. Arriola abriu o placar para o DC United, aos nove minutos. Baird e Rusnak viraram o jogo aos 21′ e aos 26 minutos de partida, fechando o placar em 2 x 1 para o time da casa, no primeiro tempo.

No segundo, Savarino aos 11 minutos ampliou o placar para os Monarcas, Birnbaum descontou mais uma vez para o DC, mas não foi o suficiente para evitar a quinta derrota em oito jogos na MLS, sendo o último da conferência Leste com cinco pontos, já o Salt Lake com 13 pontos é o último time a se classificar, em sexto na conferência Oeste.

Colorado Rapids 1 x 2 New York Red Bulls

A quarta vitória em cinco jogos do New York Red Bulls saiu no DSG Park, contra o Colorado Rapids. Royer abriu o placar para os visitantes aos cinco minutos de jogo, deixando os Touros em vantagem para o restante da partida. Vantagem essa que foi ampliada no segundo tempo com Ettienne aos 31 minutos. O Colorado ainda conseguiu balançar as redes com McBean aos 40 minutos, mas foi o que conseguiram. O Bulls é o quinto na tabela do Leste, já o Rapids é o 11º no lado Oeste.

Domingo – 13/05

Portland Timbers 1 x 0 Seattle Sounders

O domingo de dia das mães começou com um resultado magro nos Estados Unidos. O Portland Timbers recebeu o Seattle Sounders, no Providence Park, e sofreu para fazer o único gol dos jogo aos 41 minutos do segundo tempo, com Sebastián Blanco. Os três pontos deixou o Timbers em quarto no Oeste e o Sounders na lanterna da mesma chave.

Orlando City 1 x 2 Atlanta United

Caiu a invencibilidade de seis jogos do Orlando City na MLS. No Orlando City Stadium, os Lions viram a situação se complicar logo no primeiro tempo com o Atlanta abrindo 2 x 0 com Martínez (aos 10′) e Barco (aos 31′) dificultando as coisas para a segunda etapa. Meram aos 12 minutos da segunda fase de jogo ainda diminuiu, fazendo o único gol para os mandantes. O Orlando caiu para o quarto lugar da conferência Leste, já o Atlanta é o líder da mesma chave.

Los Angeles FC 2 x 2 New York City

O último jogo do fim de semana aconteceu em Los Angeles, no novíssimo Banc of California. Mas foram os visitantes do New York City que abriram o marcador com David Villa, aos 13 minutos de jogo. No segundo tempo, Carlos Vela virou o jogo para o Los Angeles aos 21 minutos, mas aos 30′ Tajouri empatou e deu número finais ao duelo. A igualdade colocou o time da casa em segundo no Oeste e em terceiro no Leste está o time visitante.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 956 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

BetWarrior


Poliesportiva


Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

    Artigos Relacionados

    Topo