Emilio Andreoli Getty Images

Lionel Messi foi nomeado o melhor futebolista do mundo durante a cerimônia do FIFA The Best 2019, realizada nesta segunda-feira (23) em Milão, Itália. Por certo, o jogador da seleção argentina e do Liverpool), concorrentes ao prêmio. Dessa maneira, é a sexta vez que Messi conquista tal honraria, o argentino já levou o título em: 2010, 2011, 2012 e 2015. Só para ilustrar, um dos motivos dessa vitória é a quantidade de gols marcados pelo jogador: 51 tentos em 50 partidas. Como resultado, La Pulga, ou melhor, Lionel Messi igualou ao número de conquistas da Marta, seis vezes melhor do mundo.

THE BEST (MASCULINO)

1º lugar: Lionel Messi (ARG) – FC Barcelona.

2º lugar: Virgil van Dijk (HOL) – Liverpool.

3º lugar: Cristiano Ronaldo (POR) – Juventus.

https://www.instagram.com/p/B2xCkr7IUPZ/?utm_source=ig_web_copy_link

11 IDEAIS (MASCULINO)

Goleiro: Alisson Becker  (Liverpool).

Defensores: Matthijs De Ligt (Ajax/Juventus), Sergio Ramos (Real Madrid), Virgil Van Dijk (Liverpool) e Marcelo (Real Madrid).

Meias: Luka Modric (Real Madrid) e Frenkie De Jong (Ajax/Barcelona).

Atacantes: Kylian Mbappé (PSG), Lionel Messi (Barcelona),  Eden Hazard (Chelsea/Real Madrid) e Cristiano Ronaldo (Juventus).

 THE BEST (FEMININO)

Após fazer uma belíssima jornada junto a seleção dos Estados Unidos na conquista da Copa do Mundo, a jogadora Megan Rapinoe foi nomeada a melhor do mundo em 2019. Afinal, Rapinoe marcou seis gols durante a Copa e foi peça-chave da equipe estadunidense, tanto dentro como fora das quatro linhas. Em virtude das suas sempre lúcidas falas, a capitã da seleção ianque merece o prêmio. Sobretudo, essa é quarta vez que uma norte-americana vence nos últimos dez anos.

1º lugar: Megan Rapinoe (EUA) – Reign FC.

Indicadas: Lucy Bronze (ING) – Olympique Lyonnais/Alex Morgan (EUA) – Orlando Pride.

https://www.instagram.com/p/B2xDj2woMwy/?utm_source=ig_web_copy_link

11 IDEAIS (FEMININO)

Goleira: Sari van Veenendaal (Holanda).

Defensoras: Lucy Bronze (Estados Unidos), Wendie Renard (França), Nilla Fischer (Suécia) e Kelley O'Hara (Estados Unidos).

Meias: Julie Ertz (Estados Unidos) e Amandine Henry (França).

Atacantes: Marta (Brasil), Megan Rapinoe (Estados Unidos), Alex Morgan (Estados Unidos) e Rose Lavelle (Estados Unidos).

FIFA FAN AWARD (MELHORES FÃS)

Certamente, todo o Brasil se emocionou com a história da mãe que narra os jogos do Teatro alla Scala, Silvia Grecco agradeceu a honraria. “Eu gostaria de compartilhar este prêmio com o senhor Justo Sánchez (concorrente ao prêmio), que também tem uma linda história de amor com o filho dele. Nickollas, aqui na frente estão muitas pessoas, muitos jogadores, muitos ídolos, estamos aqui representando nosso time, Palmeiras, e todos os torcedores do Brasil e do mundo, todos aqueles que torcem pela pessoa com deficiência“.

1º lugar: Silvia Grecco e Nickollas

https://www.instagram.com/p/B2w7-mboknT/?utm_source=ig_web_copy_link

*Nós do FNV já contamos um pouco sobre a história de Justo Sánchez.

O MELHOR GOLEIRO

Superando seu compatriota Ederson, e o alemão Marc-André ter Stegen, Alisson Becker foi nomeado o melhor goleiro do mundo. Sem dúvida, o arquero de 26 anos possui todas as credenciais para essa conquista. Não apenas conquistou a UEFA Champions League, como também a Copa América em 2019. Surpreendentemente, o goleiro dos Reds ficou incríveis 32 jogos sem ser vazado na Premier League. Assim sendo, Alisson fez seu discurso: “É um grande prazer receber esse prêmio, que representa tudo o que eu trabalhei na minha vida até chegar aqui, gostaria de agradecer especialmente à minha esposa, minha filha, meu filho recém-nascido, meus pais. Logo após, o gaúcho ressaltou: “Estou sem palavras, obrigado Deus por estar aqui, recebendo esse prêmio das mãos de uma grande brasileira, a Rainha Marta”.

1º lugar: Alisson (BRA) – Liverpool.

Indicados: Ederson (BRA) – Manchester City/Marc-André ter Stegen (ALE) – FC Barcelona.

A MELHOR GOLEIRA

1º lugar: Sari van Veenendaal (HOL) – Arsenal / Atletico Madrid.

Indicadas: Christiane Endler (CHI) – Paris Saint-Germain/Hedvig Lindahl (SUE) – Chelsea / Wolfsburg.

PRÊMIO PUSKÁS (GOL MAIS BONITO)

O jovem Dániel Zsóri, de apenas 18 anos, desbancou Messi e ganhou o prêmio de melhor gol do ano. Afinal, marcou um golaço no duelo entre Debrecen, sua equipe, e Ferencváros pelo Campeonato Húngaro. Posto que, no dia do jogo Zsóri debutava como profissional, o gol ganhou ainda mais valor. Curiosamente, Ferenc Puskás, atleta que dá nome ao troféu, é considerado o maior jogador da Hungria em toda a história. Ou seja, caso Puskás estivesse vivo, certamente estaria feliz pela conquista do seu conterrâneo no The Best.

1º lugar: Dániel Zsóri (HUN) – Debrecen FC.

O MELHOR TREINADOR

1º lugar: Jürgen Klopp (ALE) – Liverpool.

Indicados: Pep Guardiola (ESP) – Manchester City/Mauricio Pochettino (ARG) – Tottenham Hotspur.

https://www.instagram.com/p/B2w7OSCoEeU/?utm_source=ig_web_copy_link

A MELHOR TREINADORA

1º lugar: Jill Ellis (EUA) – Estados Unidos.

Indicados: Phil Neville (ING) – Inglaterra/Sarina Wiegman (HOL) – Holanda.

PRÊMIO FAIR PLAY

1º lugar: Leeds United (ING) e seu treinador Marcelo Bielsa (ARG).

Foto destaque: Emilio Andreoli/Getty Images

Luciano Massi
Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...

Artigos Relacionados