Mais um passo foi dado para se conhecer os próximos finalistas da Copa Libertadores da América. Assim, nesta quarta-feira (6), o Santos foi até La Bombonera para encarar o Boca Juniors. O confronto foi válido pela ida das semifinais do torneio. Em um duelo muito truncado, as equipes não conseguiram sair do zero. Além disso, o jogo também teve direito a um pênalti não marcado para o Peixe.

1º TEMPO

Com ambas as equipes querendo abrir vantagem, o confronto começou com tudo. Assim, o primeiro susto partiu do Boca Juniors. Aos 8′, Lucas Veríssimo vacilou na defesa, Tevéz roubou a bola, mandando para Villa, que chutou no travessão do goleiro John. Dois minutos depois, Villa apareceu novamente. O colombiano recebeu e partiu para cima de Pará. O meia cortou para a linha de fundo e cruzou rasteiro. Veríssimo desviou, quase marcando contra. O Santos apareceu aos 19′. Em cobrança de falta, Marinho mandou por cima de meta.

O Peixe voltou a assustar aos 22′. Diego Pituca recebeu de Soteldo e mandou no meio do gol. Andrada, porém, fez a defesa. Sete minutos depois, Villa voltou a assustar. O meia recebeu e chutou de três dedos. Contudo, a bola foi para fora. Quase no final da etapa, Veríssimo mostrou trabalho. Salvio recebeu a bola no contra-ataque e tentou passar pelo jogador do Santos, que fez o desarme. Aos 42′, Marinho teve nova oportunidade. De fora da área, o artilheiro santista chutou, mas Andrada defendeu.

2º TEMPO

Enquanto isso, na volta do intervalo, o confronto ficou mais agitado. Logo no primeiro minuto, Tévez mandou para Salvio, que pedalou e bateu forte, ao ir para a direita. John evitou o gol dos argentinos. Aos 10′, Felipe Jonatan até chegou a assustar. Além da grande defesa de Andrada, o jogador do Santos estava impedido. Dessa forma, aos 16′, Sandry, que entrou no lugar de Soteldo, arriscou. O jovem tentou com um chute de direita, mas a bola subiu e foi para fora. Dois minutos depois, após jogada, a bola sobrou para Marinho, que pegou mal. Assim, o goleiro do Boca Juniors defendeu.

Um minuto depois, foi a vez de Kaio Jorge assustar. No entanto, mais uma vez a bola foi por cima do gol. O Boca apareceu aos 23′. Tévez, na entrada da área, bateu com perigo, mandando para fora. Aos 28′, Isquierdoz derrubou Marinho. O árbitro conversou com o VAR sobre um possível pênalti, mas nada foi marcado. O jogo seguiu. Dessa maneira, aos 35′, os argentinos apareceram com Tévez, que avançou da entrada da área e mandou uma bomba. Nada marcou. Para encerrar, aos 49′, Villa cruzou na área, e Jara apareceu, livre, armando o voleio. Novamente a bola foi por cima.

https://twitter.com/BocaJrsOficial/status/1346972170866413569

BOCA JUNIORS X SANTOS – E AGORA?

Com o empate sem gols na partida de ida, tudo pode acontecer no confronto da volta. Assim, os times voltam a se encontrar na próxima quarta-feira (13). Dessa vez, o confronto tem como cenário a Vila Belmiro. A bola rola às 19h15 (horário de Brasília). Antes disso, os times têm compromissos pelos seus torneios nacionais. Dessa maneira, no domingo (10), o Peixe encara o São Paulo. Enquanto isso, os Xeneizes enfrentam o Argentinos Juniors no sábado (9).

MELHORES MOMENTOS – BOCA JUNIORS X SANTOS

Foto destaque: Divulgação/Santos FC

Lauren Berger
Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.

Artigos Relacionados