Festa Giallorossi! Barça sofre virada histórica e é eliminado pela Roma

- Romanistas revertem derrota de 4 x 1 no jogo de ida, batem espanhóis em casa e avança a semifinal da UEFA Champions League

Roma e Barcelona fizeram um dos melhores confrontos da história da UEFA Champions League, com certeza. No Olímpico de Roma, estádio onde o clube italiano manda seus jogos, em duelo válido pelas quartas de final da Liga dos Campeões, os Giallorossis tinham a difícil missão de super o poderoso Barcelona, de Lionel Messi, Suárez, Iniesta e cia. E venceram! Após perderem no jogo de ida por 4 x 1, os italianos viraram o duelo e venceram em casa por 3 x 0 e avançando as semifinais após 35 anos. No placar agregado de 4 x 4, os italianos avançaram pelo gol fora.

Já ganhou?

A exemplo do jogo entre Paris Saint Germain e Barcelona do ano passado, o primeiro jogo foi um passeio dos catalães, fazendo 4 x 1 e entrando na partida de hoje com o status de “já ganhou”, “já era” ou “já passou”, mas não. O time da Roma ainda tinha chance e queria mostrar que podia vencer. Mas era difícil imaginar que o Barça com melhor elenco, melhor futebol e um dos melhores jogadores do mundo, perderia essa classificação.

O jogo

A partida da Roma foi taticamente PERFEITA! O técnico Di Francesco armou um time para anular o jogo do rival e não sofrer gols. Em contratempo, ainda fazia a ligação rápida no ataque, jogando bolas para o bósnio Dzeko “sofrer” contra Piqué e Umtiti, e ir para o tudo ou nada. E o bósnio foi! Na primeira grande oportunidade que teve, logo aos 6 minutos de jogo, abriu o placar após receber passe de De Rossi, dominar errado, mas que acabou dando certo, e aos trancos e barrancos fazer o primeiro dos anfitriões.

Goal.com

O clima era de festa e a esperança ainda reinava nos corações giallorossis. Para quem assistiu o jogo só ouvia falar de Roma, pouco fez o Barcelona para ganhar a partida. 17 chutes italianos contra nove espanhóis. No segundo tempo nada mudou, chances para os mandantes a torto e a direito. E bola para Dzeko de novo. O bósnio recebe dentro da área, gira sobre Piqué que o puxa, fazendo pênalti. De Rossi na bola. Ter Stegen no gol. Bola na rede. 2 x 0 e a euforia toma conta do Olímpico! Barcelonistas começam a ficar preocupados, tanto em casa, quanto no estádio, ainda mais em campo.

El País

Então Di Francesco mostra que a bronca dada no elenco após a derrota para o Barça no primeiro jogo e para a Fiorentina no final de semana deu mais que certo. Os jogadores sentiram na pele que podiam vencer e acreditaram nisso. O treinador italiano tinha o time nas mãos e mostrou isso ao sacar o tcheco Patrik Schick e colocar o turco Cengiz Under, que cobrou o escanteio para o gol da vitória marcado por Manolas, o mesmo autor de um gol contra no jogo de ida, vira herói ao fazer o da classificação. A imagem do terceiro gol retrata o que realmente foi o duelo.

AFP/Getty Images

Aí bateu o nervosismo em geral! Ernesto Valverde, tremendo feito “vara-verde” (perdoe o trocadilho), finalmente mexeu no time. Um minuto antes do gol ele trocou Iniesta por André Gomes, seis por meia dúzia. Após sofrer o baque já mudou de vez. Sai Busquets e Semedo e entram Paco Alcácer e Dembélé. A postura mudou, o Barça veio para frente, afinal, estava sendo eliminado. E numa bobeada da zaga quase que fizeram o gol da classificação. Aos 46′, um baita susto. Alisson se atrapalha ao sair para dividir uma bola e deixa o gol aberto, Dembelé tenta mandar por cima, de cobertura, mas manda para fora e fim de papo! ROMA CLASSIFICADA!

Goal.com

Euforia total no estádio! Francesco Totti “de meias” assistindo a partida para tentar dar sorte ao seu clube do coração e viu a heroica classificação. O Barcelona provou do seu próprio veneno. Ano passado meteu uma histórica virada no PSG (esta ainda mais sensacional) e agora sucumbe a um rival mais fraco, mas que no quesito raça, vontade e entrega, foi melhor e levou a vaga.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1234 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo