Ferroviária e Velo Clube se enfrentam no Benitão, em Rio Claro, às 19h (horário de Brasília) por uma vaga na terceira fase da Copinha. De um lado um time que tem a artilharia pesada, mas vem chateado com últimos acontecimentos. Do outro, uma equipe de números mais modestos, porém terá a torcida ao seu lado empurrando o time até o fim.

Ferroviária

A equipe da que foi líder do Grupo 7, se viu no meio de um imbróglio, envolvendo sua ida a Rio Claro. É que o regulamento previa a permanência dos líderes em suas sedes, fato que não aconteceu com a Ferroviária. Passada toda essa questão, a Locomotiva se prepara para o duelo, com três dúvidas: O lateral-esquerdo Marquinhos, pois  sofreu uma pancada na cabeça e foi substituído ainda no primeiro tempo, o meio-campo Pedro do Rio e o atacante Claudinho, esses dois não preocupam a comissão técnica e devem estar presentes. O técnico Leonardo Mendes, falou sobre o que o time precisa para passar por mais uma fase.

“Temos que colocar a cabeça no lugar, buscar o equilíbrio que é muito difícil, mas centrar neste jogo do Velo, pois cria uma expectativa muito grande agora e a gente precisa corresponder essa expectativa do torcedor”, afirmou.

Provável escalação: Guilherme; Luan, Gustavo, Gustavo Santos e Marquinhos; Juliano, Pedro Guerreiro e Pedro do Rio; Felipe Estrella, Claudinho e Richard – Técnico: Leonardo Mendes.

https://www.instagram.com/p/Bsf8NGzHLzb/

Velo Clube

A equipe da casa, é considerada visitante na noite de hoje. Mas com a torcida em peso ao seu favor, mais uma vez pode ser o fator importante para buscar a vaga almejada. Em segundo no Grupo 8, dividindo a liderança com o seu rival de cidade, o time pretende manter o bom nível de jogo, com o ataque produzindo muito bem, com seis gols marcados.

Provável escalação: Micael; Caio Cesar, Vinicius, Alexandre, Vinicius Rodrigues; Samuel Ethor, Lucas, Victor Dalfre, Diego; Luis Gustavo, Deivid – Técnico: Leandro Samarone.

https://www.facebook.com/veloclube/photos/a.302533006457796/2284204391623971/?type=3&theater

Retrospecto

As equipes fizeram campanhas parecidas no torneio, até aqui. A Ferroviária venceu a equipe do Serra-ES por 3 x 0 na estreia, goleou o Holanda-AM por 6 x 0 e empatou com São Paulo em 1 x 1. Resultado disso, foi a incrível marca de 11 gols marcados.

Já no Velo Clube, os números são mais modestos, mas não menos importantes. Na estreia, vitória contra o Marília-MA por 3 x 1. Entretanto, veio clássico com o Rio Claro e o empate em 1 x 1. Por fim, a equipe jogou contra o Náutico e bateu os nordestinos por 3 x 1. Acabou tomando três gols, o que foi decisivo para ficar atrás do rival de cidade no grupo.

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados