Fernando Diniz é apresentado no Fluminense

O Fluminense apresentou na tarde desta segunda-feira (2) o técnico Fernando Diniz. O treinador chega para substituir Abel Braga, que entregou o cargo na última semana. Assim sendo, o novo comandante falou sobre seu principal objetivo nesta segunda passagem.

Eu pretendo ganhar muito mais do que ganhei em 2019, para ser bem objetivo, e melhorar também o rendimento, mas o principal é ganhar mais partidas” disse Fernando Diniz.

Fernando Diniz afirma que volta melhor e aprova elenco do Fluminense

Na primeira passagem pelo Flu, em 2019, Fernando Diniz esteve à beira do campo em 44 partidas. Aliás, desse total, 15 jogos foram pelo Brasileirão. No entanto, foram três vitórias, três empates e nove derrotas. Mas o treinador frisou que volta muito melhor do que naquele ano. Já que estudou bastante. Bem como reviu jogos e assistiu outros de várias divisões.

Foram três anos vivendo trabalhando, aprendendo coisas novas em todos os sentidos, criando diferenciações táticas para os jogadores se sentirem mais confortáveis, buscando porque as coisas não deram certo em um time ou em outro, e eu sou uma das pessoas que mais me questionam sobre o que estão fazendo. É muita oscilação que vem de fora, então as pessoas sempre acham uma coisas vendo o jogo uma vez na televisão. Eu pego um jogo e fico vendo 6, 7 horas para procurar entender“.

Posteriormente, o técnico elogiou o elenco do Tricolor. Segundo ele, o time tem a sua cara:

Eu vejo que o Fluminense montou um time que tem bastante a minha cara. Tem pelo menos sete jogadores nesse elenco que eu tentei levar, mas o Fluminense conseguiu contratar os jogadores. Acho um elenco muito bem montado, extremamente qualificado. Vou procurar tirar o melhor de cada jogador e a gente conseguir ter sucesso junto“.

Elogios a Ganso

O meia Paulo Henrique Ganso também foi uma das pautas da coletiva. Diniz contou que tentou levá-lo para o Santos. Bem como afirmou que o camisa 10 do Fluminense é um gênio, que faz coisas que ninguém faz.

É um gênio criativo que, por alguns motivos, não conseguiu ter a carreira que o talento dele merecia. A gente teve aquele contato na primeira passagem, eu que me meti para ele vir naquele primeiro momento, foi uma coisa que construí com o Fluminense. Acredito nele como jogador, como pessoa, e fico feliz que o Abel tenha conseguido junto da equipe ter colocado o Ganso para jogar antes de eu chegar. Ele é genial mesmo e eu fico muito feliz pelo momento que ele está vivendo“.

Primeiro compromisso de Fernando Diniz em seu retorno ao Fluminense

A estreia de Fernando Diniz no comando da equipe será na próxima quarta-feira (4), quando o Fluminense recebe o Junior Barranquilla, pela 4ª rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. A saber, o Tricolor precisa vencer para seguir na briga por vaga na próxima fase da competição.

A base daquilo que eu pretendo fazer é que os jogadores se inspirem a darem o melhor. A entregar tudo o que eles tiverem de todo coração, para que possamos conseguir um resultado positivo na quarta feira, que a gente sabe que é vital para o seguimento na Sul-Americana” encerrou.

Foto destaque: Marcelo Gonçalves /Fluminense FC

Jéssica Albuquerque
Sou formada em Letras e atualmente curso Jornalismo. Sempre gostei de ler e de escrever, o que me levou a seguir nessas áreas.