Fernando Diniz analisa empate do Fluminense: “Faltou profundidade”

O técnico do Fluminense, Fernando Diniz, concedeu entrevista coletiva após o empate com o Unión Santa Fe, pela Copa Sul-Americana. Assim, o comandante admitiu que o resultado foi ruim. Já que agora o Tricolor não depende mais só de si para conseguir a classificação para a próxima fase da competição. Além disso, afirmou que faltou profundidade ao time.

Um ponto só é muito ruim para nós, por que ficamos dependendo do resultado do jogo entre Junior Barranquilla x Unión Santa Fe. Quanto ao jogo, era muito difícil. É muito difícil jogar com o Unión aqui. Tivemos muita posse de bola, mas faltou profundidade ao time. Um pouco por conta do time e um pouco por conta da marcação bem feita que o Unión fez” disse Diniz.

Fernando Diniz lamenta pontos perdidos pelo Fluminense

Posteriormente, Fernando Diniz analisou também os outros tropeços na competição. Visto que o Fluminense já havia empatado, em 0 x 0, com o Unión Santa Fe em casa. Aliás, foi a última partida sob o comando do ex-técnico, Abel Braga. Além disso, o treinador também citou a derrota para o Junior Barranquilla, fora de casa, por 3 x 0. Aliás, que prejudicou o saldo de gols do Tricolor. Ainda, ressaltou a força do Grupo H.

Futebol é assim, é uma coisa que acontece. O jogo que mais fez falta foi o empate em casa, contra o Unión, e também o saldo, de 3 x 0, contra o Barranquilla. A gente veio como candidato a ser primeiro, mas é um grupo muito forte. Têm três equipes brigando pela classificação até o final e esse grupo da Sul-Americana é muito mais forte que muitos da Libertadores. Mas ainda temos chances. Vamos acreditar até o final“.

Por fim, completou afirmando que já esperava as dificuldades encontradas na partida e considerou o empate do Fluminense justo:

O jogo daqui não surpreendeu em nada. Esperávamos que fosse assim o jogo, muita pressão da torcida, muitas bolas longas. Um time bastante vertical, que não troca muitos passes. Mas tenta chegar ao gol de maneira direta. Nem no ambiente emocional, o jogo não teve surpresa alguma. A gente queria ter jogado um pouco melhor tecnicamente para poder ter conseguido vencer. Então faltou um pouco de profundidade ao nosso time. Mas o espírito de luta, que é base principal, a gente teve, do começo ao final do jogo. E o empate acabou sendo justo” encerrou Fernando Diniz.

Com oito pontos, o Fluminense é o terceiro colocado no Grupo H da Copa Sul-Americana. Assim sendo, na última rodada, enfrenta o lanterna do grupo, Oriente Petrolero. Aliás, para conseguir a classificação, precisa torcer para um empate entre Junior Barranquilla x Unión Santa Fe. Além disso, precisa golear os bolivianos por 6 x 0. Por fim, as duas partidas serão na quinta-feira (26), às 21h30 (horário de Brasília).

Foto destaque: Mailson Santana / Fluminense FC

Jéssica Albuquerque
Formada em Letras, pela UFRJ, e em Jornalismo, pela FACHA. Amo ler, escrever e futebol. No jornalismo esportivo pude unir os três.
Você está aqui
Futebol Na Veia > Notícias > Fernando Diniz analisa empate do Fluminense: “Faltou profundidade”