keno

Nessa quinta-feira (10), um dos jogadores mais talentosos e completos do Brasil Keno, está completando 31 anos. Posteriormente, o rapaz determinado e destemido, sempre acreditou em seu potencial e nunca desistiu de seu grande sonho no futebol. Desse modo, a coluna Parabéns ao craque homenageia este grande atleta.

INICIO DA VIDA PROFISSIONAL

Nascido na cidade de Salvador, no dia no dia 10 de setembro de 1989, Marcos da Silva França, sempre foi um rapaz focado em seus objetivos. Durante a infância aparentava um perfil franzino. Sendo assim, seus familiares passaram a chama-lo de Keno, que se remete a palavra “pequeno”. Outra alcunha é Kenaldinho, este acarinhado por torcedores.

No futebol, começou tarde. Seu primeiro jogo profissional aconteceu aos 22 anos pelo América de Sergipe. Nas categorias de base que mais parecia várzea, chegou a defender seis equipes diferentes em um único fim de semana. Sobretudo, o motivo pelo qual se submetia a tal rotina sobrecarregada, se dava por modo de ajudar nos custos de casa. Na época, ganhava em torno de  R$ 50 a R$ 100 por jogo.

CAMINHADA DIFÍCIL

Em suma, estudos futebolísticos comprovam que para um atleta chegar a um futebol de alto nível, precisa de ao menos 10 mil horas de treinamento. Em volta disso, até chegar a seus dias de glória, Keno enfrentou diversas dificuldades em seu trajeto. Contudo, mesmo sem um devido suporte físico no inicio da carreira, o jovem jogador apresentava um desempenho consistente, assim provando que mais do que estatísticas, é necessário qualidade técnica.

Entre seus clubes de juventude, integrou elencos como o do Botafogo-BA, Águia de Marabá, Paraná, Santa Cruz, Atlas, do México e Ponte Preta. Enquanto esteve no Fogão, fez bons jogos pelo Campeonato Baiano. Após destaque,  se transferiu ao Águia, onde disputou a Série B e despertou o interesse do Santa. Entretanto, seu destino seguinte acabou sendo o Paraná.

Todavia, parecia que sua carreira enfim decolaria, mas na época o clube paranaense passava por crises financeiras e após atrasos de salários, o atacante conseguiu uma liberação judicial para se transferir para outra equipe.

Keno
Divulgação/Paraná Clube

COLHENDO OS FRUTOS

Rumando novos ares, a caminhada de Keno seguiu incerta mesmo integrando uma equipe profissional. Após breve passagem pelo Paraná, enfim chegou para integrar o elenco do Santa Cruz. Novamente se destacando, dessa vez pela Série-B de 2014, chamou a atenção do mexicano Atlas.

Assim, pela equipe, no ano de 2015, realizou um grande sonho de disputar uma Libertadores. Contudo, com adversários como Santa Fe, da Colômbia, Colo-Colo do México e Atlético-MG, o clube não conseguiu avançar a próxima fase. Por fim, terminou o ano atuando pela Ponte Preta.

CHEGADA AO PALMEIRAS

De fato, se destacou quando decidiu retornar ao Santa.  No clube, enfim encontrou seu futebol e acabou por chamar a atenção do gigante Palmeiras. Inclusive, também chamou despertou interesse de outros clubes, mas acabou fechando com a equipe paulista.

Chegou para integrar o elenco Alviverde no final de 2016. Assim, novamente ganhava a oportunidade de disputar uma Libertadores. Dessa vez, marcou na estréia  do Palestra, no empate de 1 x 1 diante o argentino Atlético Tucumán. Mais tarde, novamente voltou ajudar a equipe em mais um empate, agora diante o Cruzeiro pela Copa do Brasil. Entretanto, o Verdão acabou eliminado por conta do resultado anterior.

Certamente, no Palmeiras, Keno viveu um de seus melhores momentos na carreira. Posteriormente, pelo Brasileirão de 2017, foi um dos melhores jogadores, com seus gols, assistências exatas e entrega em campo. Consequentemente, caiu na graça dos palmeirenses se tornando um dos pilares.

Após se destacar, em junho de 2018, o Palmeiras confirmou a venda do atacante para o  Pyramides. A saída deixou os torcedores entristecidos, mas agradecidos. Além do mais,  muito se dizia na época que aquela situação não seria um adeus e sim um até logo.  Após um ano de clube egípcio, foi emprestado para o árabe Al-Jazira em julho de 2019.

CHEGADA AO GALO

Após boa temporada, começaram a se especular notícias sobre um possível retorno do atacante ao Brasil. De inicio, o Palmeiras era o principal interessado, mas o Atlético-MG saiu a frente ao oferecer uma proposta tentadora.

Inicialmente, o clube do Egito pensava em recuperar o alto investimento feito no brasileiro. No entanto, diante da vontade do jogador de voltar ao Brasil, o time aceitou recuperar apenas uma parte e acabou por fechar o negócio com o Galo.

PARABÉNS KENO

Um atleta determinado, destemido e focado, Keno é a prova viva de que quando traçamos um objetivo, e buscamos realiza-lo, somente nós mesmos podemos nos parar. Um jogador impar, que chegou de mansinho e provou seu potencial. Paciente e estratégico, em toda sua carreira, abraçou todas as oportunidades que lhe foram cedidas e aguardou calmamente pelo seu momento. Hoje o dia é seu, de todo o time do Futebol na Veia, parabéns Keno.

Foto destaque: Divulgação/Twitter Atlético-MG 

Karine Gommes
Se o céu é o limite, então voe, irmão! Sou jornalista em formação do 7° semestre pela Universidade Cruzeiro do Sul. O jornalismo surgiu em minha vida, quase que simultaneamente, com a minha paixão por esportes. Necessitava viver aquilo. Assim, fui atrás. Conforme conhecia o profissão, pude visualizar quão ampla é. Apesar de ser apaixonada por esportes, eu quero vivenciar todas as vertentes que o jornalismo me proporcionar. Estou aqui para fazer jus ao meu grande sonho. Prazer, sou Karine Gommes ;)

Artigos Relacionados