Felipe Conceição

Um capítulo a parte da entrevista coletiva do técnico Felipe Conceição foi o fato de ser questionado sobre a utilização de falso 9, no caso, Gedoz. Visivelmente incomodado com a questão, o treinador explicou sem rodeios sua opção pelo camisa 10. Ao passo que finalizou de forma pontual destacando o fato de estar no dia a dia do Leão, consequentemente saber o melhor para o grupo.

” A questão da escalação é muito simples. Quem está no dia a dia sou eu, quem trabalha no dia a dia sou eu. Quem vê os treinamentos e o desempenho de cada, sabe o que é melhor para a equipe. Quando chegamos, o clube jogava em uma outra estrutura. Não é porque é melhor ou pior, mas arrumamos uma maneira que nos deu hoje, fazendo um turno no Remo, 31 pontos. É um baita turno que estamos fazendo e é dessa maneira. Lógico que queremos sempre crescer, o torcedor também quer sempre ver o melhor, mas tudo tem seu tempo. Nós construímos um modelo de jogo com o carro andando e esse modelo fez com que enfrentássemos qualquer equipe de igual para igual ou sendo superior na maioria das vezes, como foi hoje. Esse assunto é mais para a torcida, que vai preterir um ou outro, vai querer de outra maneira, faz parte”.

Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.