Jorge Jesus

O Benfica está a todo vapor na busca por um novo treinador. Posteriormente, o atual técnico do Flamengo, o português Jorge Jesus, é o nome favorito nos bastidores da equipe. Contudo, por conta das dificuldades encontradas por meio da efetivação de um contrato, o clube começou a planejar um plano-B. Trata-se do brasileiro, Luiz Felipe Scolari. Todavia, os portugueses seguem otimistas em relação a Jesus, mas em caso de recusa, o nome de Felipão é agradável á cúpula.

Em suma, Scolari tem história em Portugal. Entre os anos de 2003 e 2008 foi o treinador da Seleção Portuguesa, onde seu maior trunfo foi chegar até a final da Eurocopa de 2004, perdendo para a Grécia. O comandante que é campeão do mundo em 2002 pelo Brasil, alegou não ter pretensões de voltar a trabalhar no futebol brasileiro. Desse modo,  o Benfica seria uma opção viável.

FLAMENGO TEME PERDA

O clima de tensão está instalado na Gávea. Sobretudo, nessa quarta-feira (15), Jorge Jesus terá de decidir se fica no Flamengo ou se vai para o Benfica. Prestes a completar 66 anos, na atualidade, o comandante é um dos nomes mais disputados no mercado da bola.

O passado glorioso pela equipe portuguesa, onde conquistou um tri-campeonato nacional, tem deixado os flamenguistas com o nervo a flor da pele. Não bastasse, esses marcos, a distância de sua família que não optou por morar no Brasil por conta da violência, também pode vir a ser um fator favorável a sua partida. De antemão, pelo Rubro-Negro soma, nada mais, nada menos, que um Brasileirão , uma Libertadores e um vice do Mundial de Clubes.

De certo, o treinador está com moral. Nos cariocas, tem à disposição, um contrato de cinco milhões de euros por temporada (certa de R$ 30 milhões por ano), equivalentes a dois milhões de reais por mês. Desse modo, em seus quatro anos de contrato com o Fla, até chegar a seus 70 anos,  Jesus irá faturar em torno de 20 milhões de euros, (R$ 120 milhões).

Foto destaque: Head Topics/ Reprodução

Avatar
Karine Gommes
Se o céu é o limite, então voe, irmão! Sou jornalista em formação do 7° semestre pela Universidade Cruzeiro do Sul. O jornalismo surgiu em minha vida, quase que simultaneamente, com a minha paixão por esportes. Necessitava viver aquilo. Assim, fui atrás. Conforme conhecia o profissão, pude visualizar quão ampla é. Apesar de ser apaixonada por esportes, eu quero vivenciar todas as vertentes que o jornalismo me proporcionar. Estou aqui para fazer jus ao meu grande sonho. Prazer, sou Karine Gommes ;)

Artigos Relacionados