Federação autoriza atleta transexual a jogar liga feminina na Austrália

- Hannah Mouncey será a primeira atleta transexual a jogar a liga australiana
Federação autoriza atleta transexual a jogar liga feminina na Austrália

Aos 28 anos, Hannah Mouncey será a primeira atleta transexual a jogar a liga de futebol feminino da Austrália. Autorizada pela Federação do país, a jogadora, que mede 1,90 m e pesa 1oo kg, conseguiu a liberação após meses de tentativas depois da cirurgia de mudança de sexo que realizou em 2015. Antes da operação, a futebolista foi jogadora de handebol masculino.

De acordo com a AFLW, a liga que organiza o futebol australiano, Hannah cumpre todos os requisitos físicos estabelecidos e portanto não havia impedimento para que ela não pudesse disputar a categoria. Dentro do draft da segunda divisão nacional, a australiana conta com o interesse de algumas equipes.

Atleta transexual vai disputar liga feminina na Austrália

A jogadora usou suas redes sociais para comemorar a liberação e agradecer o apoio recebido pelos fãs, porém o mesmo não foi feito em relação à Federação Australiana. “Não devo agradecer a AFL por me permitir fazer algo que qualquer australiana pode fazer”, escreveu em seu Twitter.

Mouncey aproveitou o relato na rede social para falar a respeito dos problemas de saúde mental que enfrentou durante a transição de sexo. E também sobre a luta diária que é para superar desafios pessoais. “Para mim, é muito difícil encontrar casa e emprego. E é ainda mais difícil perder pessoas que eram muito importantes. Perder amigos, família, casa e trabalho são coisas mais do que comuns [para transexuais]. Quanto mais normal for ser trans para a sociedade, mais fácil será para todos”, desabafou.

Caso no Brasil

Atleta do Vôlei Bauru, a transexual Tiffany Abreu, 33, se tornou o centro de diversas polêmicas após ser autorizada a jogar a Superliga Feminina de Volêi. As controvérsias se tornaram ainda maiores após a oposta se tornar dona da melhor média de pontos da competição em 2017 e quebrar o recorde de mais pontos em uma mesma partida em janeiro deste ano.

Jogadoras experientes como Sheila e Tandara e a ex-atleta Ana Paula, todas com passagem pela seleção brasileira, já se declararam contra a participação da transexual entre as mulheres.

Fotos: Twitter / Reprodução

Bruno Piai

Sobre Bruno Piai

Bruno Piai já escreveu 37 posts nesse site..

BetWarrior


Poliesportiva


Artigos Relacionados

Topo