“Faremos uma boa estreia”, diz Dodô Zandoná

- O meia Dodô Zandoná  foi destaque no futebol Paulista nos últimos anos
O Social Futebol Clube é um clube brasileiro de futebol, da cidade de Coronel Fabriciano, Vale do Aço, no estado de Minas Gerais. Manda seus jogos no Estádio Louis Ensch, com capacidade atual para 2.290 espectadores.
O clube atualmente disputa o modulo 2 do Campeonato Mineiro, e vem se preparando para a estreia na competição.
Dodô Zandoná que já atuou por XV de Piracicaba, Bragantino e São Caetano, se diz muito confiante em atuar pelo clube mineiro
“Eu nunca havia jogado antes Minas então nunca tive oportunidade de acompanhar um campeonato assim tão próximo mas pelo que venho vendo agora na pré temporada são times muito bem preparados e não vamos encontrar moleza”, diz o meia que também adimitiu uma certa ansiedade pela estréia.
“A expectativa é a melhor possível, com o dia da estreia chegando, a ansiedade vai aumentando, tenho certeza q faremos uma boa estreia”.
Dodô Zandoná finaliza falando do projeta para o primeiro semestre e diz em conquistar os objetivos.
“Temos um grupo muito forte, e todos somos cientes da pressão que existe pelo acesso, mas todos estão preparados e com o mesmo objetivo, que é alcançar o acesso a elite do mineiro”
O Social vai estrear no Módulo II 2018 amanhã, 17 de fevereiro, às 16h, em Fabriciano, contra a equipe do Tupynambás.
Rodrigo Majolo

Sobre Rodrigo Majolo

Rodrigo Majolo já escreveu 18 posts nesse site..

Rodrigo Majolo, 31 anos, pai do pequeno Luca e esposo da Naty. Nascido, criado e formado no meio da bola o futebol se fez minha vida e faze-lo meu trabalho é minha grande alegria. Palestrino desde o nonno, corre nas veias o sangue verde tiffosi! Falar e escrever sobre o futebol não pode ser levado como algo simples, pois envolve amor, paixão e alegria de todos aqueles em que a bola bate dentro do peito e enquanto o jogo rolar a vida segue.

BetWarrior


Poliesportiva


Rodrigo Majolo
Rodrigo Majolo
Rodrigo Majolo, 31 anos, pai do pequeno Luca e esposo da Naty. Nascido, criado e formado no meio da bola o futebol se fez minha vida e faze-lo meu trabalho é minha grande alegria. Palestrino desde o nonno, corre nas veias o sangue verde tiffosi! Falar e escrever sobre o futebol não pode ser levado como algo simples, pois envolve amor, paixão e alegria de todos aqueles em que a bola bate dentro do peito e enquanto o jogo rolar a vida segue.

    Artigos Relacionados

    Topo