Faltando duas rodadas para o fim da Série B, CSA aumenta chance de acesso - Foto: Augusto Oliveira/CSA

A vitória do CSA sobre o Botafogo-SP, por 3 a 1, nessa terça-feira, deixou o time alagoano na quarta posição da tabela da Série B. Como resultado, com 56 pontos, a equipe depende das próprias forças para voltar à Primeira Divisão do Brasileiro.

De acordo com o site Infobola, o CSA tem agora 65% de chance de acesso. O Juventude, quinto colocado, tem 27%.

Anteriormente, em 2018, quando subiu para a elite do futebol brasileiro, o Azulão terminou a competição na vice-liderança, com 62 pontos. Se vencer os próximos dois jogos, o time alagoano garante o acesso com o mesmo número.

Faltando duas rodadas para o fim do Brasileiro, o CSA tem 16 vitórias, oito empates e 12 derrotas: aproveitamento de 51%. Semelhantemente, em 2018, a equipe terminou a Série B, com 52%.

Na sexta-feira, o CSA recebe o Brasil de Pelotas, às 19h15, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Depois, no dia 30, vai até Recife encarar o Náutico, pela última rodada da Série B.

Desfalque importante – CSA x Brasil de Pelotas

O atacante Paulo Sérgio vai desfalcar o CSA contra o Brasil de Pelotas, sexta-feira, no Estádio Rei Pelé. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória azulina sobre o Botafogo-SP, por 3 a 1, nessa terça.

Sem Paulo Sérgio, é provável que o atacante Pedro Júnior inicie a partida contra o Brasil. Ele voltou ao time nessa terça e foi o autor do terceiro gol do Azulão.

O atacante Rone, que cumpriu suspensão contra o Botafogo-SP, fica à disposição do técnico Mozart para o jogo da sexta-feira, às 19h15, em Maceió.

Foto destaque: Augusto Oliveira/CSA

Alexandre Vieira
Sou Alexandre Vieira, 31 anos, estudante de Jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e apaixonado por esporte, principalmente futebol. Quando moleque, sonhava em ser jogador, porém não tive oportunidade. Daí nasceu a paixão pelo jornalismo e a esperança de assim poder ficar famoso, realizar o sonho de me aproximar de ídolos, estádios e cobrir competições históricas. Tenho um senso de humor gigante e sou legal até quando meu time perde.

Artigos Relacionados