Gabi Croco, goleira do Flamengo

Independente da experiência ou renovação, o Brasileirão Feminino promete fortes emoções. Além disso, a técnica aumentou ainda mais, isso porque atletas, que há pouco não tinham tanta visibilidade, ganharam destaque. É o caso da Camila (Avaí-Kindermann), Ana Clara (São Paulo), Gabi Croco (Flamengo) e Aila Santana (Bahia). Elas já têm bagagem no futebol, mas tudo indica um 2020 ainda mais vencedor.

CAMILA

Um dos destaques atuais da modalidade são as meninas com menos de 20 anos tomando seu espaço. É o caso de Camila Silva, que une experiência e renovação, já que com apenas 19 tem um bom currículo. Ela soma passagens por Ponte Preta, Palmeiras e agora o Kindermann. Aliás, sua boa atuação com o Alviverde no ano passado lhe rendeu uma convocação recentemente. Assim, a garota já tem como foco atual a disputa da Libertadores e A1 pelo clube catarinense. Não é de se estranhar que uma joia dessas chegue com tudo nessa temporada, certo?

ANA CLARA

Como a meninada está assumindo o protagonismo, o São Paulo, com histórico de revelar craques, acertou mais uma vez. Apesar de ter pouca experiência, renovação é o sobrenome de Ana Clara, atleta sub-16 do tricolor. A garota, em uma temporada, conquistou o Paulista sub-17, Brasileiro sub-16 e a Copa Nike no ano passado. Destaque em todos os torneios, a lateral esquerda tem tudo para brigar por uma vaga no time principal. Isso porque, após a saída de Cristiane, o clube está carente de ídolos.

https://twitter.com/wpassessoria/status/1215302263150956547

GABI CROCO

Embora experiência e renovação não trabalhem tão juntas no seu caso, já que a goleira do Flamengo te seus 25 anos, ela possui bastante bagagem. A arqueira defendeu o São José em 2014, onde estava no elenco campeão da Libertadores e foi convocada para a sub-20, levando o Sul-americano. Além disso, defendeu as cores do Audax, até chegar ao rubro-negro, onde conquistou Carioca, apesar de estar no banco. Aliás, ela foi convocada para um amistoso recente contra o México, surpreendendo a todos. Nada impede a jogadora de renovar o gol da

AILA SANTANA

Por mais que possua menos “estrela” que as outras, Aila é a jogadora que mais surpreende nessa lista, por conta de uma mudança radical. Revelada pelo São Francisco do Conde-BA, a atleta venceu dois campeonatos Baianos, onde jogava de atacante. E aí está a grande questão: ela chegou no Bahia em 2019, e foi adaptada para zagueira, isso mesmo ZAGUEIRA. Por outro lado, ela foi fundamental para equipe na conquista do estadual. E o que mais impressiona? Ela tem apenas 20 anos, e já soma quatro Baianos e uma RedeBall Cup. Promissora, não?

https://twitter.com/AilaSantana4/status/1219652551701925888

 

 

Glauber Nathan
Meu nome é Glauber Nathan, tenho 20 anos e sou estudante de jornalismo. O futebol entrou cedo na minha vida, e de lá para cá, respiro o esporte. Apesar de ser um fã assíduo do rádio, não perco a oportunidade de acompanhar qualquer jogo, independente do campeonato, divisão ou país. Entendo que o mais importante é entender e fazer os outros compreenderem a emoção do espetáculo chamado futebol.

Artigos Relacionados