Ex-Liverpool, John Barnes afirmou que Jurgen Klopp não ficará frustrado por perder Timo Werner para o Chelsea – porque ele teria contratado o atacante se quisesse. Assim, na noite de quinta-feira (5), surgiu o rumores que os Blues ter derrotado o rival Liverpool na corrida para assinar com o atacante do RB Leipzig após assinar um contrato de cinco anos.

A chegada de Timo Werner era esperada para Anfield na próxima janela, depois de manter conversas com Klopp no início deste ano. Mas com a crise do coronavírus afetando as finanças do Liverpool, o clube relutou em cumprir a pesada cláusula de liberação do contrato de Werner com o Leipzig.

Klopp agora deve voltar sua atenção para outras opções de ataque, mas Barnes insiste que o alemão teria a palavra final na decisão de não contratar Werner.

“Nos últimos dois anos, vimos que confiamos em Jurgen Klopp. Se Jurgen Klopp o quisesse, ele o teria pego, teria exigido que pagassem o dinheiro, se ele sentisse que valia a pena. Se ele não acha que vale a pena, seja dinheiro ou qualquer outra razão, então não o pegamos”, disse o ex-Liverpool.

https://twitter.com/fnvbr/status/1268617622561492994?s=20

EX-LIVERPOOL CONFIA NO CLUBE

Barnes, que venceu 79 partidas pela Inglaterra, conquistou dois títulos da 1ª Divisão e duas FA Cup durante uma década em Anfield, depois de chegar de Watford em 1987. E ele acredita que, se o Liverpool também concordasse em cumprir a cláusula de liberação de Werner, o jogador de 24 anos teria rejeitado o Chelsea e se mudado para Merseyside.

“Então, acho que se o Liverpool o quisesse, ele teria ido para o Liverpool e não para o Chelsea. Não estou dizendo que ele não é um bom jogador.  Mas Jurgen Klopp decidiu que não o queria tanto em termos de dinheiro que eles gastariam e confiamos nele. Não vamos sentir que perdemos para o Chelsea, não teríamos perdido para o Chelsea se Jurgen Klopp o quisesse o suficiente'‘, finalizou.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Avatar
Alexsander Vieira
Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente. Obs: 3 x 0 não é goleada.
http://www.radioprado.com.br

Artigos Relacionados